• Da Redação

1033 cachoeirenses já foram vacinados contra o coronavírus

Até o final da tarde de terça-feira, 27 de janeiro, a Secretaria Municipal da Saúde havia vacinado 1.033 cachoeirenses. Nesta primeira etapa, estão sendo vacinados os profissionais de saúde que fazem atendimento a pacientes com Covid-19, idosos de instituições de longa permanência, índios e deficientes institucionalizados.


Na primeira remessa de vacina, Cachoeira do Sul recebeu 1.348 doses. Além das que foram aplicadas, 120 estão reservadas para o Asilo Nossa Senhora Medianeira, pois, conforme orientação técnica, após surto é preciso aguardar um período de recuperação dos pacientes. As outras 195 doses que restam estão sendo aplicadas nos coletadores de Swab que atuam na rede privada (com vacinação nesta quinta e sexta na sala de vacinas da US1), em mais profissionais do HCB e do Hospital do Instituto de Oftalmologia.


Na última segunda-feira, 26 de janeiro, a Secretaria da Saúde recebeu mais 1.360 doses de vacina, que serão aplicadas nos demais profissionais do HCB e nos profissionais da atenção básica da Secretaria Municipal da Saúde: médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, higienizadores, agentes de saúde, atendimento administrativo (todos eles, desde que estejam na ativa).

META DE 90% - De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Cachoeira do Sul, Andréa Santos, a meta é vacinar 90% da população prioritária, que é de 28.356 pessoas. “De acordo com os informes técnicos que recebemos do Ministério da Saúde, podemos nos considerar protegidos depois que 90% da população prioritária estiver vacinada já com a segunda dose e tiver passado pelo menos 60 dias para que o corpo tenha produzido os anticorpos. Até lá, todos os cuidados que são constantemente recomendados devem permanecer”, frisa Andréa.


Profissionais da Saúde foram divididos em 12 subgrupos

Nesta quarta-feira, 27 de janeiro, a Secretaria Municipal da Saúde recebeu uma recomendação sobre a estratificação dos grupos prioritários dos trabalhadores de saúde, conforme pactuado em reunião com a diretoria do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul, definindo um novo ordenamento para os grupos prioritários. Dos 12 subgrupos definidos, a Secretaria da Saúde já vai começar a imunização do 6º e 7º subgrupo.


Veja quais são:

1 - Equipes de vacinadores volantes

2 - UTI e CTI COVID-19

3 - Rede de Urgência e Emergência

4 - Unidade de internação clínicas para COVID-19.

5 - Ambulatórios exclusivo COVID-19 (ou preferencialmente COVID-19)

6 - Coletadores de Swab nasofaringe e orofaríngeo

7 - Ambulatório de demanda espontânea OU Atenção Primária/Atenção Básica

8 - Serviços ou ambulatórios que prestam atendimento a pacientes imunossupressos

9 - Áreas não COVID-19 de hospitais e DEMAIS HOSPITAIS (NÃO COVID-19)

10 - Demais Ambulatórios e Pronto Atendimento não COVID-19 – incluindo a totalidade da Atenção Primária/Atenção Básica – ou seja todos as unidades e postos de saúde.

11 - Consultórios, laboratórios e farmácias de instituições privadas profissionais de saúde que realizam coleta de swab****, e demais profissionais de saúde que realizam atendimentos eletivos ou assistência ao público em geral.

12 - Demais profissionais de saúde.

Foto: Prefeitura

1/1181