top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Aberta a 38ª Feira do Livro de Cachoeira e programação segue até o domingo

A abertura da 38ª Feira do Livro de Cachoeira do Sul aconteceu na manhã desta quarta-feira, 25, na Feira Livre Municipal. Com organização da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, a Feira tem programação até o dia 29 (domingo), com lançamento de livros, palestras, teatro, música e dança, além da comercialização de livros, alimentos e bebidas.

Durante a abertura, a prefeita em exercício, Angela Schumacher Schuh, destacou o trabalho da Secretaria de Cultura, dos parceiros e voluntários na organização do evento e fez uma menção carinhosa à Patrona Lair Vidal. “A senhora, com certeza, representa o espírito dos apaixonados pela vida e pela literatura, essa homenagem é justa e necessária, obrigada por estar aqui conosco”, declarou a prefeita.

Lair subiu ao palco ovacionada pelo público presente, acompanhada pela secretária municipal de Cultura, Mirela Kruel, por representantes dos organizadores e por dois vendedores de “encrenca”, iguaria típica de Cachoeira.


A Feira do Livro tem entrada gratuita e está aberta de hoje até domingo das 9h às 21h.

“O que nutre a alma de nossa juventude?”

A patrona da 38ª Feira do Livro, a professora Lair Vidal, foi a primeira palestrante desta edição da festa dos livros. Abordando o tema desta edição “Livro, alimento da alma”, Lair falou sobre a importância da leitura.


No auditório da Casa de Cultura Paulo Salzano Vieira da Cunha, dezenas de jovens assistiram a sua fala e ela questionou: “O que nutre a alma de nossa juventude?”. Na sequência ela enumerou diversos exemplos dos benefícios das almas nutridas com bons livros. “Almas bem nutridas formam pessoas de caráter, solidárias, com empatia, que reconhecem limites, se preocupam com o coletivo, batalham e lutam por uma sociedade justa e igualitária, tratam bem seu patrimônio, são almas leves que se encantam e cuidam das pessoas ao seu entorno e também de sua terra”.


Lair destacou ainda que almas nutridas de boas leituras conseguem fazer a leitura e interpretar o seu entorno. Ela enfatizou ainda que um bom livro tem que transformar o leitor. “Não sou escritora, mas sou um bom livro. Tenho uma história.


Recolham as histórias das pessoas. A história de cada um de nós é um patrimônio imaterial a ser explorado”, salientou a patrona.


Programação

26 de outubro - Quinta-feira

9h - Abertura da Feira

10h - Visita Guiada ao Zoo - "A relação entre as fábulas, histórias e os bichos".

Local: Zoológico Municipal – 8

15h - Palestra musicada sobre o livro “Quanto Vale” de Rodrigo Munari. Local: Palco da Feira Livre - 1

16h - Palestra da escritora Lilian Rocha - "Literatura e Ancestralidade ". Local: Auditório da Casa de Cultura - 4

17h - Palestra da escritora e patrona Lair Vidal - "Literatura e Ancestralidade".

Local: Auditório da Casa de Cultura - 4

18h - Grupo de Dança Afro da Escola Dora Abreu de lngrid Severo e Deise Mesquita. Participação dos bailarinos: José Carlos, Juliana Noronha e grupo.

Local: Palco da Feira Livre Municipal – 1

19h - Lançamento e Sessão de autógrafos do livro da Escola Antônio Vicente da Fontoura: "Eu Escritor".

Local: Feira Livre Municipal - 1

19h - Orquestra Estudantil da Escola João Neves.

Local: Bar América - 7

20h - Primeiro Menu Degustação do Memorial Nacional do Arroz com apresentações artísticas e gastronomia com temática "Arroz" - Promoção: Amicus.

Local: Memorial Nacional do Arroz - FENARROZ

20h - Coral Vozes do Viveiro.

Local: Palco da Feira Livre Municipal - 1

21h - Encerramento






Fotos: Eloisa Uliana


Comments


bottom of page