• Da Redação

Academia Cachoeirense de Letras divulga seu Hino e Brasão



A comissão responsável pela fundação da Academia Cachoeirense de Letras já definiu a identidade visual e o hino. O estatuto também já se encontra em sua versão final.

A arte visual é criação de Jader Surceda, o dourado e as panículas representam os arrozais de Cachoeira e as canetas estilizadas fazem menção aos escritores.


O hino foi escrito pelo poeta Tiago Vargas e a composição musical está a cargo do professor Ezequiel Bibiano da Rosa e o vocal Clênio Bibiano da Rosa.


Fazem parte da comissão: Clarisse Torres Almeida, diretora do Núcleo Municipal da Cultura, Vanessa Csaszar, assessora, Mirian Ritzel, historiadora e os escritores Mildo Léo Fenner, Gisele Wommer, Tiago Vargas e Dariely Gonçalves. A previsão é de que a primeira diretoria tome posse em 30 de setembro e os acadêmicos em janeiro de 2022.


Hino "Escritores da Aurora"

Nasceu Cachoeira, dos arrozais,

Terra das letras, dos imortais,

Dos que versejam, seus ideais,

Filhos da terra, teus ancestrais

Nossa história, feito oração,

Cantar memórias, inspiração

Vem dos engenhos, razão de ser

Perseverança, luz do viver

Arte e cultura no teu saber

Vem de Setembro o teu nascer

Vultos brilhantes que te seguirão

Escritores da aurora te honrarão

Eis o teu lema, eis teu brasão

Faz moradia ou alusão

Cachoeira amada de encantos mil

Ocaso adorado, Ó mãe gentil.

Letra: Tiago Menezes de Vargas

Música: Ezequiel Bibiano

Tchê Peq..png