• Lenon Quoos

Administrador do Nova Prata Cachoeira cobra espaço da Prefeitura para retomar os treinos

O coordenador do Chuteira de Ouro e Associação Nova Prata de Cachoeira do Sul, Luis Claudio Martins Pedroso, conhecido como Chiquinho Pedroso, procurou a Secretaria do Desporto na manhã desta terça-feira, 13 de outubro, para solicitar mais uma vez uma licença para retornar a treinar no Centro Esportivo com os jogadores da categoria profissional da Associação Nova Prata Cachoeira, franquia da cidade de Nova Prata, localizada na serra gaúcha. A resposta que recebeu da pasta, segundo ele, foi de que por enquanto não seria possível retornar com os treinos devido à pandemia.


O que intriga o esportista, no entanto, é que apesar da resposta negativa, ele vem observando que diversos atletas já retornaram com os treinos em diversos locais do município. "Por que para alguns essa flexibilização vale e para outros não, sendo que frente ao decreto estadual foram liberadas as atividades esportivas no Rio Grande do Sul? Estou sendo prejudicado porque alguns podem treinar e outros como no meu caso, estão sendo barrados", destaca. Desde julho, Chiquinho enfatiza que está procurando a Secretaria do Desporto para consultar a possibilidade de retomar os treinos, sendo que seu pedido é sempre acatado pela Procuradoria Jurídica, que argumenta que o município segue o decreto estadual.


A Associação Nova Prata Cachoeira deve retornar com 28 jogadores, sendo 10 cachoeirenses e 18 jogadores de outras localidades. O total de envolvidos seria 32, gerando, portanto, empregos diretos e indiretos no município. A ideia, conforme Chiquinho, foi retornar com o futebol de campo profissional em Cachoeira em novembro de 2019. Em março, a pandemia fez com que perdesse cinco patrocinadores, ocasionando a saída de diversos jogadores para outras agregações. Com isso, posteriormente teve de ir em busca de novos apoiadores em meio à pandemia.


Chiquinho também mantém o projeto social Chuteira de Ouro há 24 anos. Antes da chegada da pandemia, os treinos ocorreram até o dia 20 de março no Centro Esportivo e Clube Comercial. "Caso sejam liberados os treinos, com certeza iremos respeitar e seguir todas as normas de segurança e higiene estabelecidas pelo governo em razão da pandemia. O que queremos somente é voltar a treinar os atletas com o intuito de prepará-los para as competições futuras, especialmente para o Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão, popularmente conhecido por Terceirona, previsto para ocorrer em abril de 2021. "Até agora não recebi nenhuma orientação clara de como proceder no pedido de encaminhamento para o meu treino", destaca.


O que diz o secretário de Desporto Edson das Neves Júnior?


"Não chegou nenhuma demanda do Luis Claudio a mim. Posso adiantar que ainda não foi liberado o uso dos espaços públicos nesse primeiro momento. O que o cidadão deve fazer é protocolar um ofício solicitando a autorização da atividade, que deve ser analisado pelo Centro de Orientação Emergencial (COE). Locais privados como o Soccer já podem ser utilizados".

Foto: Divulgação

Tchê Peq..png