• Lenon Quoos

Albergue Municipal está de portas abertas para pessoas em situação de rua

Uma equipe de servidores da Secretaria de Trabalho e Ação Social (STAS) percorreu as ruas da cidade de Cachoeira do Sul em noites dessa semana buscando por pessoas que estão em situação de rua. Foram ofertados alimentos, cobertas e roupas. Conforme o secretário Itamar Luz, a proposta inicial é sempre para que as pessoas aceitem serem atendidas no Albergue Municipal, mas a maioria se recusa a ir, optando por permanecer nas ruas, mesmo com o frio intenso que fez nos últimos dias. “A Stas elaborou uma ação e fez essa assistência à moradores de rua. Oferecemos o nosso Albergue Municipal que funciona 24 horas por dia”, ressaltou Itamar.


No local, os abrigados encontram atendimento médico, psicológico, além de alimentação. Os que aderem ao atendimento também recebem o acompanhamento do Caps. Segundo o secretário, a resistência maior em optar pelo abrigo está em obedecer ao isolamento imposto e as regras que o Albergue impõe aos seus albergados. As medidas sanitárias obrigam que as pessoas permaneçam por 15 dias na casa em isolamento e sem contatos externos. Além disso, é necessária a adesão aos tratamentos indicados pelos profissionais do Caps, que auxiliam no caso de dependência química, álcool, integra a ação de reintegração social, a busca por emprego e educação. Alguns, após a reabilitação retornam para as suas casas.


O albergue atualmente tem capacidade para atender 17 pessoas, mas está com 20 albergados. Em caso de necessidade, Itamar afirma que a capacidade é possível de ser ampliada para acolher pessoas em situação de rua.

Foto: Divulgação


Tchê Peq..png