• Da Redação

Alessandro Rosa | Como lidar com um funcionário difícil

É inevitável em seu papel de gerente ou empresário que você tenha que lidar com funcionários que ganham o rótulo de "difícil". Embora alguns optem por não fazer nada, vale a pena tomar medidas para remediar o problema.

Essa semana trago algumas dicas importantes que se utilizadas corretamente lhes auxiliará a resolver esse problema.


Verifique e avalie - Se você ainda não estabeleceu uma relação de trabalho confiável com essa pessoa, inicie uma conversa com ela para que se sinta à vontade para falar com você. Entrar diretamente em uma conversa sobre problemas pessoais ou dificuldades de trabalho com alguém com quem você não tem um relacionamento sólido pode não ser muito eficaz para identificar problemas.

Depois de ganhar a confiança, você poderá abordar os problemas. Reserve um tempo para avaliar e refletir sobre quaisquer problemas encontrados, a menos que exijam ações imediatas, para permitir que você crie medidas apropriadas.


Mentalidade útil - Aborde o funcionário com uma mentalidade aberta e útil. Seu objetivo é dar ao colaborador a chance de falar sobre o que o impede de realizar seu trabalho no nível desejado. Expresse que você está lá para ajudá-lo e guiá-lo.


Forneça exemplos claros - Certifique-se de apontar a consequência que os problemas podem ter no desempenho da equipe. Aborde esses assuntos de maneira sincera. Convém apresentar alguns fatos e números com você para expor o impacto que o baixo desempenho tem.


Linguagem Apropriada - Converse com seu funcionário com o tom de um mentor. "Eu notei que você parece estar cansado e distraído ultimamente. Está tudo bem?"

Isso pode abrir um diálogo com a pessoa que você está procurando. Isso depende da relação que você tem com seus funcionários, portanto, trabalhe para estabelecer confiança com eles antes que surjam problemas.


Ouça - Ao conversar, ouça o que o funcionário tem a dizer. Fique tranquilo e positivo. Faça perguntas abertas que não podem ser respondidas em uma ou duas palavras. Tente não interromper.


Mantenha-se envolvido na conversa. Isso demonstrará interesse na pessoa com quem você está falando e pode ajudá-lo a identificar quaisquer problemas. Se você puder determinar a fonte da dificuldade, terá uma possibilidade muito maior de encontrar uma solução.


Ele também pode estar enfrentando problemas pessoais que está afetando sua vida profissional. Muitas pessoas não se sentirão à vontade para discutir assuntos pessoais com seus gerentes, mas se você puder estabelecer amizade desde cedo em um relacionamento de trabalho, poderá se tornar alguém em quem os funcionários confiem.


Desenvolva a solução - Discuta alguns objetivos com o colaborador e não se esqueça de buscar informações. Se puder, deixe-o estabelecer suas próprias metas. Isso lhes dá uma participação em seu próprio processo de aperfeiçoamento e informa que ele está interessado em melhorar.


Forneça treinamento - Ao avaliar as dificuldades, preste atenção a palavras-chave e frases que possam apontar a necessidade de treinamento. Se você identificar algumas habilidades que precisam ser desenvolvidas, crie um plano para obter o treinamento necessário.


Check-in - O check-in com funcionários que estão lutando tem muitos benefícios. Isso não somente demonstra a eles seu comprometimento, como também lhe dá mais tempo para ajudá-lo.


Durante esse período, ele deve saber que é responsável e que você estará monitorando o progresso dele. O que acontece a seguir dependerá, em última análise, do seu funcionário. Enquanto isso, não permita que a situação atrapalhe seu foco ou direção. A longo prazo, trabalhar com questões como essas permite que você desenvolva ainda mais as habilidades de formação de equipes necessárias para ser um líder impactante.


A todos uma ótima semana, fiquem com Deus! Deseja mais dicas? Precisa auxílio? ale.rosa.gestor@gmail.com - WhatsApp: (51) 997896352

Banner para site-1.png