• Da Redação

Alessandro Rosa | Investir ou economizar?

Economizar é o caminho mais seguro porque o valor em sua conta bancária normalmente não diminuirá, mas as taxas de juros em contas de poupança não permitem que seu dinheiro cresça muito rapidamente.


É tentador querer investir para obter retornos mais elevados. Infelizmente, o valor dos seus investimentos nem sempre aumenta. Em alguns casos, os investimentos podem se tornar completamente inúteis.


Então, como você sabe quando deve seguir a rota mais segura e economizar ou arriscar investindo para obter maiores retornos? Aqui está o que você precisa saber.


Prós e contra de economizar

Existem muitos benefícios em economizar em vez de investir. Primeiro, o valor que você economiza em uma poupança não diminuirá com o tempo, desde que você não faça retiradas. Isso é importante porque algumas metas precisam acontecer independentemente de os valores de investimento estarem altos ou baixos.


Economizar em vez de investir também permite que você alcance sua meta a tempo, desde que economize a quantia adequada a cada mês. Pegue o total que você precisa economizar e divida-o pelo número de meses até atingir sua meta para encontrar a quantidade necessária para economizar a cada mês.


No entanto, economizar tem suas desvantagens. Devido à inflação, o dinheiro que você economiza diminuirá de valor a cada ano. Se você ganhar juros, esses juros podem compensar parcialmente o efeito negativo da inflação. Infelizmente, as taxas de juros raramente acompanham a taxa de inflação.


Prós e contra de investir

Investir também pode ser benéfico. Investir dá ao seu dinheiro o potencial de crescer mais rápido do que em uma conta poupança. Se você tiver muito tempo para cumprir sua meta, seus retornos serão compostos. Basicamente, isso significa que, além de uma maior taxa de retorno sobre os investimentos, seus ganhos com investimentos também renderão dinheiro com o tempo.


Porém, investir nem sempre é uma coisa boa. Os preços dos investimentos podem cair pouco antes de você precisar do dinheiro, o que pode deixá-lo em uma situação financeira difícil.


Se isso acontecer, você terá que se contentar com uma opção que não custa tanto, atrasar sua meta até que possa economizar mais dinheiro ou até que seus investimentos aumentem de valor.


Decidir economizar ou investir para um objetivo específico pode ser difícil. Aqui estão dois conceitos que podem ajudá-lo a decidir qual é o melhor para você.


Se você tem metas de curto prazo, economize

Primeiro, se você precisa absolutamente do dinheiro até uma determinada data, economize em vez de investir. Com a poupança, não há risco de diminuir o seu saldo. Por outro lado, os investimentos podem diminuir de valor.


Se você tem objetivos de longo prazo, invista

Em seguida, investir oferece uma oportunidade de obter maiores retornos se você tiver um horizonte de tempo longo e pode atrasar sua meta se as coisas não saírem como planejado.


Ou, faça ambos

Claro, você também pode combinar poupança e investimento. Você pode economizar o dinheiro de que realmente precisa e investir o que seria bom, mas não é necessário para atingir seu objetivo básico.


Outra opção é investir no início de uma meta de longo prazo e, lentamente, mudar para economizar conforme sua meta se aproxima. Isso ajuda a evitar uma queda repentina nos valores de seu investimento, o que pode atrasar sua meta.


Em última análise, cabe a você decidir se economizar ou investir é a melhor escolha para atingir seus objetivos financeiros. Para ajudá-lo a decidir, aqui está um diagrama rápido para resumir alguns dos fatores mais importantes que você deve considerar.

Foto: Divulgação

Tchê Peq..png