top of page
  • Foto do escritorDa Redação

"Amanhã não vai ter transporte de pacientes", afirmou Luiz Aníbal na sessão da Câmara

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário e do Conselho Municipal de Saúde, Luiz Aníbal Vieira Machado, usou a tribuna popular da sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores desta segunda-feira, 20 de novembro, para falar sobre situação precária no atendimento da saúde municipal em Cachoeira do Sul. Além disso, em sua fala ressaltou que Cachoeira é uma cidade racista. "Essa cidade não gosta de nego. Aqui as pessoas não gostam de pobre também, que nunca é lembrado quando se fazem eventos", disse.


Aníbal ainda firmou que nesta terça-feira, 21, os motoristas responsáveis pela locomoção de pacientes através do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade vão fazer greve. "Amanhã vamos parar, não vai ter transporte de pacientes. Já avisei a prefeita, secretário de saúde, vereadores. Não é justo liberar os motoristas que não possuem dinheiro para comer e nem recebem diária. Eu estarei na madrugada e vamos fazer greve. Trancaremos o portão e não vai sair carro amanhã. Os pacientes devem ser atendidos por motoristas que tenham condições para se trabalhar. Eles devem ser respeitados!", pontuou.


O presidente ainda citou que o transporte que leva os necessitados para consultas em outras cidades, que sequer possui banheiro e água para os ocupantes. "Esse contrato não passou pelo Conselho. Como uma pessoa com problemas físicos ou de saúde vai utilizar esse transporte sem o mínimo de comodidade. O SUS enfatiza que o Município tem que dar acesso aos serviços de saúde e se acaso não tiver, deve garantir o atendimento e prover condição e até alimentação, inclusive aos acompanhantes. Os senhores são vereadores, entendem de Leis, por favor me ajudem. Que vergonha eu estar 30 anos no Conselho e às 21h as pessoas me ligando e se lamento pelas condições desprezíveis do transporte. A situação da saúde no município ainda está degringolada. O Ministério Público não tem feito nada", finaliza.


Comments


bottom of page