• Da Redação

Médico André Prochnow é encontrado morto com sinais de engasgamento

O médico plantonista do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) André Aozani Prochnow, 49 anos, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira, 28, por colegas em uma cama no setor de descanso dos profissionais. Prochnow era plantonista do setor de hemodiálise e da UTI do HCB.


Saiba mais: Ele apresentava sinais de engasgamento, o corpo será necropsiado para apontar a causa morte.


Ele deixa a esposa Luciana Gonçalves Heck, filhas Alice e Júlia, mãe Ana Maria, pai Benoir, irmãs Liége e Taisa.


Serviços fúnebres


O corpo será velado na Capela A da Funerária Madre Teresa, em frente ao HCB, na Rua Tuiuti, 1205. O corpo será cremado quarta-feira, às 20 horas, no Memorial e Crematório Ecumênico Jardim Montanha dos Vales, em Santa Cruz do Sul. O velório iniciará quarta-feira, a partir das 14 horas.

Foto: Arquivo Pessoal

Tchê Peq..png