• Da Redação

Anvisa reunirá entidades médicas para avaliar uso da Coronavac em crianças de 3 a 5 anos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) irá se reunir com representantes de entidades médicas para discussão sobre os dados adicionais encaminhados pelo Instituto Butantan para avaliação da vacina Coronavac para crianças de 3 a 5 anos. O encontro foi agendado para a próxima quarta-feira.


A Anvisa aguarda o aceite dos participantes, juntamente com a assinatura dos termos de confidencialidade. A Agência tem contado com a colaboração de especialistas externos na avaliação de vacinas contra Covid-19 para o público infantil. Segundo a organização, a participação das sociedades médicas nessa avaliação é fundamental para fornecimento de subsídios necessários de modo a garantir a autorização de vacinas seguras para esse público.


Foram convidados para a reunião representantes da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).


O Instituto Butantan apresentou, na quinta-feira, os dados adicionais referentes ao pedido de autorização de uso do imunizante em crianças de 3 a 5 anos. "A Agência mantém o seu compromisso na avaliação das vacinas, fundamentando as suas ações na legalidade e nos parâmetros estabelecidos em suas normas, convergentes com as principais autoridades estrangeiras e com os princípios científicos", salienta, por meio de nota.


Fonte: Correio do Povo

Banner para site-1.png