• Da Redação

Após manifestação na Prefeitura, aplicativos ganham mais 30 dias para se regularizarem

Na manhã desta quinta-feira, 5 de agosto, os aplicativos de mobilidade urbana de Cachoeira do Sul fizeram uma carreata com mais de 120 carros até a frente da Prefeitura para reivindicar flexibilização na Lei 4.960/20 (Dispõe sobre o serviço de transporte motorizado privado e remunerado de passageiros na categoria Aplicações de Internet).


Com buzinaços e caminhão som, a categoria foi recebida pelo Secretário de Obras, Luciano Lara. Frente à manifestação, a Prefeitura deu um prazo de mais 30 dias para que se normalizem. Participaram da manifestação representantes das empresas Tchê Mobi, Cachoeira Drive, Confiança Mobi, Zappi Mobi e Pop 54, que se uniram na carreata com balões pretos nos veículos insatisfeitos com as dificuldades impostas pela nova legislação. "Vamos analisar e organizar os documentos que estão faltando e foram reprovados. Esse maior prazo foi uma atitude necessária", ressaltou Alex, sócio do TchêMobi.


SAIBA MAIS

A Prefeitura publicou Edital no dia 10 de julho para o cadastramento das empresas e motoristas por app, com prazo para entrega dos documentos até o dia 30 de julho, o que foi prorrogado por mais 30 dias, em razão da manifestação. Atualmente, são 143 motoristas de aplicativos em Cachoeira do Sul.

Algumas exigências impostas pela Lei

  • Motorista precisa realizar curso de primeiros socorros, bem como os cursos de relações humanas, direção defensiva e mecânica;

  • Veículos com no máximo 10 anos de fabricação;

  • Somente veículos quatro portas e com ar condicionado;

  • Seguro que cubra acidentes de passageiros e danos a terceiros.

Foto: Divulgação

Tchê Peq..png