• Da Redação

Após pressão popular, Diário Oficial Eletrônico é aprovado de forma unânime no 1º turno



A tão esperada sessão ordinária que votou a PELOM 02/21 que busca implementar o Diário Oficial Eletrônico gratuito em Cachoeira do Sul foi acompanhada de perto pela população nesta noite de sexta-feira, 03 de setembro, na Câmara de Vereadores.


Após a PELOM estar praticamente derrotada, com seis votos contrários declaradas na última segunda-feira, 30 de agosto, os votos foram mudando durante a semana, com movimentos populares e muitas cobranças aos vereadores nas redes sociais.


Surpreendentemente, de forma unânime, os vereadores aprovaram a PELOM em sua primeira votação, o que leva o projeto para votação em segundo turno, que será realizada na sessão do dia 13.


Mesmo voltando para votar contra o projeto, o vereador Marcelo Figueiró (MDB), usou a tribuna para dizer que, após ouvir apoiadores, o partido e o clamor da população, estaria votando contra a sua convicção, mas acompanharia os colegas para a implantação do DOE pelo Executivo.


Vereador Kader Saleh (PL) deu lugar ao seu suplente Pablo Dotto no momento da votação, pois já havia declarado impedimento ético para votar este projeto, pois atua como advogado em ações que envolvem os interessados na pauta.


Votaram favoráveis ao Diário Oficial Eletrônico Antônio da Saúde (PSDB) Magaiver Dias (PSDB) Felipe Faller (PSL) Telda Assis (PT)

Luis Paixão (PP) Dudu Moyses (Podemos) Marcelinho da Empresa (PP) Nelson Azevedo (Republicanos)

Pablo Dotto (PL) Marcelo Figueiró (MDB) Carolina Larrondo (PP) Daniela Santos (PL) Jeremias Madeira (PL)

Alex da Farmácia (Republicanos) Ronaldo Trojahn (PSB)


Confira a sessão na íntegra no link abaixo

https://www.facebook.com/Fatos24h/videos/120243706936950



Tchê Peq..png