• Da Redação

Aplicativo da Embrapa faz recomendações sobre o uso do adubo

Não sabe quanto adubo sua terra precisa? O aplicativo AdubaTec, desenvolvido pela Embrapa e pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), pode ajudar. Basta preencher os campos com dados da análise química do solo e informações como sistema de cultivo, estágio de produção, clima e produtividade esperada para obter as quantidades de calcário e as recomendações, principalmente de nitrogênio, fósforo e potássio, necessárias para a cultura selecionada.

Por enquanto, o software gratuito fornece recomendações de calagem e adubação para o cultivo de mandioca e de diversas frutas, como abacaxi, acerola, banana, laranja, tangerina, limão, mamão, manga e maracujá. Segundo a empresa pública, o software tem uma interface “simples, prática e fácil manuseio” e pode ser adaptado a qualquer cultura.

Além da grande abrangência de cultivos, o principal diferencial da ferramenta em relação às similares é a possibilidade de ser adaptado facilmente a novas culturas. É necessário apenas cadastrar as variáveis do plantio desejado, sem mexer no código do sistema. Assim, não é preciso um especialista de tecnologia da informação.

De acordo com a Embrapa, o AdubaTec aumenta o número de produtores que têm acesso a recomendações de calagem e adubação especializadas para os seus plantios e reduz o trabalho manual de pesquisadores, agrônomos e técnicos referentes aos cálculos de recomendação. “Soluções tecnológicas como essa, que integram o escopo de ações da Embrapa no âmbito da agricultura digital, buscam mais rentabilidade e produtividade, menos custos e maior agilidade e segurança no campo”, pontua a estatal.

Após o preenchimento dos dados, o sistema fornece um relatório em PDF que descreve de forma simplificada os resultados obtidos e disponibiliza observações necessárias para a aplicação correta, tanto do calcário quanto dos fertilizantes, podendo-se inclusive selecionar a fonte do nutriente. As recomendações são baseadas no princípio dos ‘4Cs’: dose correta, fonte correta, época correta e local correto. Seriam os conhecidos ‘4Rs’ [right], em inglês.

O sistema foi preparado de forma dissociada da interface a fim de que as regras de recomendação de adubação possam ser disponibilizadas em uma plataforma como serviço (AdubaAPI). “Esse potencial pode ser explorado, no futuro, para gerar diferentes produtos integrados a equipamentos ou softwares que automatizam os processos de análises de solos de laboratórios”, afirma Pontes. “Há um potencial de parceria com startups de agtech [termo utilizado para se referir a empresas de tecnologia aplicada ao agronegócio], visando a novos mercados na análise de solos,” declara.

Foto: Divulgação

1/1375