top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Bairros da Zona Norte completam cinco dias sem água em Cachoeira e não há previsão segundo Corsan

São inúmeras as reclamações e questionamentos de cachoeirenses que moram na parte alta da cidade sobre o abastecimento de água potável. Bairros como Noêmia, Medianeira, Santa Helena, Tibiriçá, entre outros, estão sem água a cinco dias, tornando crítica a situação das famílias.


"Sabems da situação crítica de várias pessoas, mas o abastecimento chegou em alguns bairros e no nosso não. Imagina, cinco dias sem nem uma gota de água para tomar um banho, dar descarga e, até mesmo a pouca água que juntamos, está acabando e temos que cozinhar" relata uma moradora do bairro Noêmia, que mora com mais três filhos e o marido. A reportagem do Fatos 24h tentou contato por dois dias com o gerente da Corsan/Aegea em Cachoeira do Sul, Neorildo Dassi, e não obteve resposta. A última resposta foi domingo pela manhã, onde a informação era que no final do dia iriam inverter as bombas para abastecer a zona baixa.



O que diz a Corsan?

Abastecida alternadamente entre a parte alta e a parte baixa da cidade, Cachoeira do Sul passará a contar também com o fornecimento de água por caminhão-pipa para os bairros Cohab e Noêmia. Mesmo com a parte alta sendo abastecida no domingo e na segunda-feira, a água não chegou nesses bairros. Como o consumo de quem estava recebendo água está muito alto, não há pressão que leve a água até a parte mais alta.


Durante a manhã desta terça-feira, 7, o caminhão-pipa estará na Rua Eduardo de Dicklhuber esquina com a Ricardo Schaurich e na Praça do bairro Cohab. A partir das 14h, o caminhão-pipa estará atendendo na Escola Dina Neri e no Campo da Bica, no bairro Noêmia. Novas manobras estão sendo realizadas para que a parte baixa da cidade receba água nesta terça-feira, 7, pelo sistema convencional da Corsan.


Na segunda-feira, 6, o caminhão-pipa da Corsan já abasteceu o Hospital de Caridade e Beneficiência (HCB) e empresas da cidade.


Prevenção ao desabastecimento

A Corsan recomenda à população que faça uso consciente da água, sem desperdício, e utilize apenas para tarefas prioritárias. Sem esse cuidado, os locais que estão tendo o abastecimento restabelecido poderão ter falta de água novamente.

Comments


bottom of page