• Lenon Quoos

Brasil não avalia aplicar a 4ª dose da vacina no momento

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira, 7, que o Brasil não deverá aplicar a quarta dose da vacina contra Covid 19 por enquanto. Segundo o chefe da pasta, os técnicos da Saúde descartaram adotar a medida neste momento, mas é possível que a aplicação seja a “dose de 2022” do imunizante.


“A área técnica tem discutido isso. A secretária Rosana [Leite de Melo, secretária extraordinária de enfrentamento à Covid do Ministério da Saúde] conversou comigo na sexta-feira passada e disse que o grupo técnico, neste momento, não avalia aplicar a quarta dose. Mas na prática seria a dose de 2022. O que nós temos é doses para garantir que todas as doses necessárias que sejam recomendadas pelos técnicos sejam disponibilizadas para a população brasileira”, disse o ministro.


Queiroga afirmou que o ministério tem trabalhado para garantir a vacina, que já foram distribuídos 430 milhões de doses e que não faltará imunizante no caso de o país adotar a quarta aplicação. Ele voltou a dizer que a vacina tem sido importante para que os efeitos da Covid-19 sejam menos nocivos, chamando-a de “grande força” no combate à variante Ômicron.


O ministro disse que o ministério é a favor das vacinas e tem sido destaque no enfrentamento do coronavírus, por isso o Brasil foi escolhido por consenso para representar as Américas no grupo criado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para discutir projetos relacionados às pandemias. África do Sul, Egito, Holanda, Japão e Tailândia também participam da equipe.

Foto: Divulgação

Banner para site-1.png