• Da Redação

Brigada Militar formou 100 novos soldados em Rio Pardo e 13 são cachoeirenses



Na manhã desta segunda-feira, 21 de dezembro, em Rio Pardo, 100 novos soldados da Brigada Militar realizaram o sonho da formatura de conclusão do Curso básico de Formação Policial Militar em solenidade onde foram observadas as normas estabelecidas das medidas sanitárias durante o período da pandemia do Covid-19. Destes, 13 são cachoeirenses:

  • Maria Eduarda Menezes Montelli

  • Jonata da Silva Trarbach

  • Leonardo de Sena Elesbão

  • Mario Augusto Monteiro Porto

  • Pablo Lemes de Castro

  • Matheus Vinicius dos Santos Mello

  • João Pedro Silva da Fontoura

  • Natally Bitencourt Luiz

  • Jardel Fagundes Dias

  • Luiz Filipe Cunha Machado

  • Marcelle Camargo de Oliveira

  • Sofia Sorio Viana

  • Gabriel Aires de Freita


O evento foi realizado no Polo de Ensino do Vale do Rio Pardo, na Sede do 2°Batalhão de Polícia Militar (2°BPM), e contou com a presença do tenente-coronel Giovani Paim Moresco, representando o Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo (CRPO/VRP), Comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar (2°BPM), major Diogo Robledo Spielgelberg Lopes, o Comandante do Polo de Ensino do Vale do Rio Pardo, capitão Daniel Pinto Mello, Prefeita Municipal, Rosane Luiz Vaz Rocha, formandos, madrinhas e padrinhos.



A solenidade foi transmitida ao vivo para o público que não pode estar presente no local devido as medidas de prevenção do coronavírus. O curso engloba conhecimentos específicos da atividade policial militar, disciplinas de Direito Penal, Direito Penal Militar, Processo Penal Militar, Sociologia da violência, Uso da força e da arma de fogo, Decisão de tiro, Defesa pessoal, Medicina Legal, Policiamento ostensivo, entre outras.


Destaca-se a excelência no Ensino do Polo do Vale do Rio Pardo, através do soldado Bruno Alfama Lopes, que se destacou obtendo o melhor desempenho dos cursos realizados no Estado, com nota final 9,885 e recebeu das mãos do tenente-coronel Giovani Paim Moresco, a medalha coronel Odilon, demonstrando assim, que formar um policial nas diversas áreas que a excelência profissional exige, requer um ensino qualificado e instrutores com currículo a altura, formadores aptos a transmitir um conhecimento eficaz.


Os formandos entraram, substituíram a boina pelas coberturas brancas entregues pelos seus padrinhos que simboliza o ato de agora estarem prontos para cumprir sua atividade fim: o policiamento ostensivo, realizaram o juramento e compromisso e prestaram continência à bandeira nacional.


A Brigada Militar deseja boas-vindas aos 860 novos policiais militares que agora somam esforços juntos a todo o efetivo da instituição para garantir a segurança em todo o Rio Grande do Sul.

Foto: Ascom Brigada Militar

Banner para site-1.png