• Da Redação

Cachoeira conquista um Centro de Referência da Mulher

O município de Cachoeira do Sul foi um dos contemplados no Programa “Rede de Proteção da Mulher RS”, da Secretaria Estadual da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social, para implantação do Centro de Referência da Mulher (CRM).


O Estado repassará o recurso de 65 mil reais e o Município dará a contrapartida de R$11.470,59 para estruturar o Centro que oferecerá atendimento multidisciplinar a mulheres em situação de violência.


O prefeito José Otávio Germano assinou nesta tarde a manifestação favorável para a instalação do Centro e a Coordenadora Municipal dos Direitos da Mulher, Elisandra Martins, será a responsável pela tramitação da documentação e instalação do novo serviço. “Estamos felizes com a notícia, daremos mais um passo na atenção às necessidades das mulheres cachoeirenses”, declarou o prefeito.


Atualmente, no Estado, apenas 24 municípios possuem o Centro de Referência da Mulher.


“Para março, o mês da mulher, queremos dar esse presente para as mulheres cachoeirenses”, comemorou a coordenadora Elisandra.


Segundo ela, Cachoeira registra uma média de 600 medidas protetivas anuais relacionadas à violência contra a mulher.


Hoje, a Patrulha Maria da Penha, da Brigada Militar, acompanha 189 medidas protetivas em Cachoeira do Sul.


“É um passo importante para a proteção destas mulheres e vamos em busca do nosso próximo objetivo que é a casa abrigo para mulheres vítimas de violência”, declarou Elisandra.


CRM

O espaço físico do Centro de Referência da Mulher deverá contemplar sala para atendimento jurídico e para atendimento psicológico-social, além de recepção e sala administrativa para atendimento geral. A Coordenadoria da Mulher iniciará a procura por um espaço que atenda essa demanda.


Além disso, a equipe mínima deverá ser composta por uma coordenadora, uma assistente social, uma psicóloga e uma advogada, além de segurança.


Foto/Texto: Eloisa Uliana

Banner para site-1.png