• Lenon Quoos

Cachoeira decreta situação de emergência pela interdição da Ponte do Fandango

O prefeito José Otávio Germano assinou na manhã desta segunda-feira, 8 de novembro, o Decreto Municipal 101/2021, que declara situação de emergência em Cachoeira do Sul devido interdição da Ponte do Fandango. A interdição se deu após a constatação da deformação de um dos vãos da ponte no dia 29 de outubro. A previsão de conclusão da obra de reconstrução está prevista para 16 de dezembro.

A Ponte do Fandango é o principal acesso a Cachoeira do Sul pela BR 290 e ligação com a capital do Estado. A interdição acarreta danos humanos, materiais e ambientais, além de prejuízos econômicos públicos e privados no Município.


O levantamento feito pela Defesa Civil para embasar o decreto, aponta um prejuízo econômico público estimado de R$ 396.844,08. Para se ter uma ideia, somente no sistema de limpeza urbana e de recolhimento e destinação do lixo o custo aumenta em R$ 158.681,80. Já o prejuízo econômico privado está estimado em R$ 83.748.500,00.


De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Edson das Neves Júnior, ainda na manhã desta segunda-feira o decreto foi encaminhado ao Governo do Estado para homologação devido a situação de anormalidade declarada e a também à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para reconhecimento federal da situação de emergência.

Foto: Divulgação

Banner para site-1.png