top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Cachoeira do Sul é alvo da Operação Harpia da PF contra abuso sexual infantil


Cachoeira do Sul está entre as cidades alvo da operação da Polícia Federal (PF) deflagrada nesta quinta-feira, 23 de novembro, em todo o país, a Operação Harpia, que visa prender suspeitos de crimes sexuais contra crianças e adolescentes. A mega-operação cumpre mandatos em 25 Estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal.



Até o momento, não há detalhes sobre o contexto da ação da PF na cidade de Cachoeira. O que foi divulgado é que não houve prisão até o momento. Em nota, a corporação diz que o objetivo da Operação Harpia é prender ofensores sexuais de crianças e resgatar vítimas, “gerando maior impacto social e consequente atenção para a ocorrência desse tipo de delito”.


A ação está a cargo da coordenação de Repressão a Crimes Cibernéticos Relacionados ao Abuso Sexual Infanto-juvenil. A operação, segundo o comunicado, é fruto de uma investigação iniciada na diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal que analisou notícias de crimes relacionadas ao abuso sexual infanto-juvenil online.


“Foram produzidos os relatórios de análise para que as unidades regionais da PF dessem prosseguimento às investigações, com o cumprimento das medidas cautelares no âmbito de uma operação em todo o Brasil.”


Além dos mandados de busca e apreensão, algumas pessoas foram presas durante a operação, mas a PF ainda não informou a quantidade de prisões. “Em tese, os investigados responderão pelos crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de material de abuso sexual infantil e estupro de vulnerável”.



Comments


bottom of page