• Da Redação

Cachoeira do Sul pode participar de consulta da UFSM

A pouco menos de 10 anos para 2030 — ano que marca o prazo para que os 193 países signatários da Agenda 2030 implementem ações para o desenvolvimento social, econômico e sustentável em seus territórios —, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) iniciou, na última semana, o mapeamento das demandas sociais nas cidades-sede de seus campi. Através da uma plataforma virtual de coleta de dados, os moradores de Cachoeira do Sul podem escolher quais são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que devem ser considerados prioritários para as ações práticas da UFSM na sociedade. Após coletados, os dados serão utilizados como forma de reconhecimento do território e orientarão a aplicação de recursos tanto financeiros quanto humanos na cidade.


A nova plataforma de coleta de dados, criada com base na Agenda 2030, integra o Fórum Permanente de Extensão. Dessa forma, a UFSM busca a participação ativa dos cidadãos gaúchos no processo de implementação do protocolo na Universidade e na cidade de Cachoeira. O novo formato de votação também torna a participação da sociedade mais acessível, possibilitando que cada cidadão contribua na construção de um mundo mais desenvolvido, sustentável e com uma atenção maior aos problemas cotidianos.


Saiba mais: O acesso à plataforma de votação virtual se dá através do site ufsm.br/pre.



Foto: Divulgação

Banner para site-1.png