• Lenon Quoos

Cachoeira registra primeira morte por dengue hemorrágica

Nesta quarta-feira, 27 de abril, Cachoeira do Sul recebeu o resultado do primeiro óbito ocasionado pela dengue hemorrágica na história do município. Confirmado pelo Departamento de Vigilância em Saúde e Coordenadoria Municipal de Saúde, a vítima trata-se de uma senhora de 87 anos que faleceu no último dia 17 de abril. A idosa foi atendida na UPA em 14 de abril e fez o teste no dia 16. No dia seguinte ela teve agravamento dos sintomas, foi encaminhada ao HCB, mas não resistiu.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a idosa é moradora de um dos bairros da zona norte da cidade, local onde a secretaria já trabalha na aplicação de inseticida, larvicida e demais estratégias de combate ao mosquito Aedes aegypti.


Também há um segundo óbito ocorrido em Cachoeira e que está em investigação pelo COE para suspeita de dengue. Maiores detalhes seguem mantidos em sigilo.


Até esta terça-feira, Cachoeira estava com 106 casos confirmados de dengue. O bairro com maior concentração de casos confirmados e suspeitos é o Oliveira.


A Prefeitura emitiu um comunicado no final da tarde desta quarta, enfatizando que tendo em vista problemas no sistema que abastece dados sobre os casos de dengue, a Vigilância Epidemiológica informa que não será possível encaminhar boletim hoje.


Banner para site-1.png