• Lenon Quoos

Cachoeira vai decretar situação de emergência pela estiagem na próxima terça

O Prefeito José Otávio Germano se reuniu na manhã desta sexta-feira, 7 de janeiro, com o Secretário Municipal da Agricultura, Fernando Cantarelli, e após ouvir o relato e os números apresentados na reunião do comitê criado para avaliar a situação da safra agrícola 2021/2022, definiu que assinará na próxima terça-feira, 11, um decreto de emergência devido a estiagem em Cachoeira do Sul.


A Defesa Civil já está reunindo os dados necessários para embasar do decreto. Na última terça-feira, segundo dados apresentados pelo comitê, o prejuízo econômico aproximado devido a escassez de chuva era de R$ 228 milhões na soja, R$ 26 milhões no arroz, R$ 33 milhões no milho, R$ 17 milhões na pecuária e R$ 183 mil nas hortaliças, totalizando mais de R$ 304 milhões em perdas.


O decreto de emergência, após ser assinado pelo prefeito, ainda precisa ser avalizado pelo Governo Estadual e o Federal. Este documento sinaliza uma situação adversa no município e pode auxiliar na busca por auxílio estadual e federal para atender aos produtores prejudicados pela estiagem.


Importante

O comitê é formado pela Smap, Defesa Civil de Cachoeira do Sul, Emater, Irga, União Central de Rizicultores (UCR), Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e Sindicato Rural.


Banner para site-1.png