top of page
  • Lenon Quoos

Capão da Cruz e Enforcados terão atendimento médico semanalmente

O Secretário Municipal de Saúde, Marcelo Figueiró, recebeu lideranças das comunidades rurais de Enforcados e Capão da Cruz. A Sra. Solange Barbosa e o Senhor Liberato Bulsing entregaram um abaixo assinado com as necessidades do atendimento de saúde na região.


Conforme os moradores, a comunidade passou a não poder mais receber atendimento no EAP Marina, mais próximo, e passou a ser atendida no ESF Ferreira, que fica a 20 quilômetros, o que dificultou suas necessidades. Isto aconteceu após mudanças impostas pelo Programa Previne Brasil, do Ministério da Saúde, do Governo Federal anterior, “Até ônibus para nos deslocar para aquela localidade fica difícil”, explica uma das lideranças comunitárias.

MÉDICO SEMANAL O titular da saúde explicou que infelizmente o Previne Brasil exige um número máximo e mínimo de pacientes para manutenção de ESFs e EAPs. No caso da Marina não existe como ampliar o público atendido, pois, se as áreas de Enforcados e Capão da Cruz fossem absorvidas, adicionaria um público de mais 2 mil pessoas em uma unidade que já atende quase 10 mil habitantes.


Porém, Figueiró, tratou com as lideranças uma alternativa: “Pretendemos estabelecer um volante no Capão da Cruz e Enforcados que atenda um dia por semana direto naquela localidade, com médico, enfermeiro e todas necessidades técnicas. Desta forma as pessoas não precisarão se deslocar até a Ferreira e a ação se tornará referência inclusive para termos um futuro posto de saúde local. Peço apenas que a comunidade nos auxilie a encontrar este lugar adequado para os atendimentos que deverão ser feitos.”

CONVERSANDO E RESOLVENDO Com o diálogo as lideranças ficaram satisfeitas e se responsabilizaram de buscar o local para o atendimento semanal. “É com o diálogo com as comunidades, boas ideias e criatividade, que conseguimos resolver as dificuldades, mesmo com os poucos recursos que podem ser utilizados na saúde”, explica o Secretário. Este salienta que a aplicação da ideia ocorrerá, após definição do local, avaliação pelos técnicos da Secretaria da Saúde, e definição de profissionais para nova volante pelo Departamento de Assistência à Saúde.

Imagem: Divulgação.

Comentarios


bottom of page