• Da Redação

Cempra é batizado com o nome do defensor da causa animal Solismar Pohlmann da Silva

O Centro Municipal de Proteção Animal (Cempra) de Cachoeira do Sul recebeu oficialmente a placa que nomina o local como “Nilson Solismar Pohlmann da Silva”. Nilson faleceu em 7 de julho de 2015, aos 54 anos, vítima de uma infecção causada pela leptospirose, contraída no trato aos animais que tanto gostava de cuidar.

Nilson era casado com a então presidenta da Associação Cachoeirense de Proteção Animal (Acapa), Lúcia Severo, que hoje trabalha no Cempra. A proposta da denominação foi apresentada pelo então vereador Marcelo Figueiró (hoje secretário de Saúde) e aprovada.

O secretário de Meio Ambiente, Geraldo Fogliarini, destacou que o Cempra vem em constante reestruturação. Recentemente foram construídas 40 novas baias para os cães e outras 10 casas feitas de paletes. Também foi feito novo cercamento e iluminação do local, garantindo mais segurança para os animais e pessoas que trabalham no Cempra.


O novo gatil também está em fase de construção. Geraldo enfatiza ainda que já existe um projeto arquitetônico para construção de um novo canil de alvenaria. Estão sendo tratadas parcerias públicas/privadas para esta obra.

Foto: Divulgação


Tchê Peq..png