top of page
  • Lenon Quoos

Cine Pipoca lotou a Casa de Cultura com o filme Carol

O Cine Pipoca da tarde desta quarta-feira, 16, movimentou a Casa de Cultura de Cachoeira do Sul. Quem passava por ali já avistava uma fila de quem pegava pipoca e se preparava para assistir ao filme "Carol". A tarde de cinema foi promovida pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura como parte da programação do Agosto Lilás.

Além de um público estimado em 100 pessoas, o evento contou com a presença do grupo Maturidade Ativa do Sesc. Mariangela Ferraz Bitencourt, e seu esposo João Batista da Cruz Bitencourt, conhecido popularmente como Tio Pipoca, estiveram no evento para a distribuição de pipoca aos convidados.

Uma das participantes da plateia compartilhou sua história. Marlene de Lima, 78 anos, conheceu a Casa de Cultura pela primeira vez durante o evento de hoje.

O curta trouxe temas relevantes para as mulheres. A protagonista sofreu violência doméstica aos 17 anos, resultando em sua condição de cadeira de rodas. O filme em questão foi produzido pela cineasta Mirela Kruel, atual Secretária Municipal de Cultura.

Elisandra Martins, titular da Coordenadoria Municipal da Mulher, destaca a importância desses momentos para a comunidade. “Além de promover entretenimento, o evento aborda temas relevantes para a sociedade, proporcionando momentos de lazer e cultura às mulheres de nossa comunidade”, destacou ela. Texto escrito por Adrine Zigulich.



Imagens: Ascom Prefeitura.

bottom of page