• Da Redação

Confira quem receberá as 1.348 doses da vacina contra a Covid-19 em Cachoeira do Sul

As primeiras doses da vacina contra Covid-19 já foram aplicadas nesta terça-feira, 19 de janeiro, em Cachoeira do Sul. Às 15h ocorreu o ato de início da campanha de vacinação contra o Covid-19, quando um funcionário do HCB foi imunizado. Às 18h iniciou a vacinação da equipe da Central de Triagem, na UPA. Em seguida, por volta das 19h, serão os profissionais que atuam na UTI/Covid, beneficiando os que estão saindo do plantão e os que estão chegando. Nesta quarta-feira, 20 de janeiro, será a equipe do Samu e as primeiras instituições de longa permanência de idosos (ILPIs).


Quando completar os 21 dias dessa primeira imunização, a segunda dose estará disponível a todos os que já receberam, pois já se encontram em Porto Alegre. Ainda não há previsão de quando virão as demais doses para os outros grupos de risco.


IMPORTANTE

Serão vacinados primeiramente os profissionais de saúde que atuam na linha de frente da pandemia (UTI Covid, Centro de triagem/UPA, equipe que realiza os testes swab, equipes da urgência e emergência) e idosos institucionalizados (ILPIs). "As enfermeiras podem administrar e retirar algumas doses de algum grupo pra privilegiar outro que em suas avaliações estejam mais expostos", explica o coordenador da 8ª Coordenadoria Regional de Saúde, Júlio Lopes.

CONFIRA ABAIXO A DIVISÃO DAS 1348 DOSES:


Cachoeira do Sul - Previsão de imunização da primeira leva

Indígenas: 41

Idosos - ILPI: 374

Deficiência ILPI: 30

Profissionais ILPI: 195

Hospital: 141

AB / Centro Covid-19: 19

Samu: 13

UPA e PA: 28

Radiologia: 34


Total prioritários critérios: 875

+ 15% profissionais de saúde: 473

Total: 1348

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO

De acordo com o Secretário Municipal da Saúde, Gerceí Carlos Silveira, o calendário de vacinação está estritamente condicionado à disponibilização das vacinas pelo Ministério da Saúde. Quando a vacina for liberada para a população geral, serão oferecidas nas sete unidades de saúde urbanas. Além disso, as duas equipes rurais volantes vão levar as vacinas conforme seu roteiro de atendimento normal nas unidades rurais. “Onde não temos unidades rurais, haverá uma vacinação itinerante, em data a ser definida, conforme acontece sempre nas campanhas da influenza”, explicou.


Também será oferecida vacinação em quatro pontos chamados de extramuros, que são locais de fácil acesso à população, diminuindo assim a demanda sempre muito grande, principalmente nas unidades maiores. As vacinas serão aplicadas em duas doses, com a segunda 30 dias após a primeira.

Fonte: 8ª Coordenadoria Regional da Saúde

Tchê Peq..png