top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Contaminação por bactérias volta a ser tema da Saúde nas escolas

Ciente de que informação e higiene em dia são duas das melhores ferramentas para lidar com surtos de doenças, a Secretaria Municipal da Saúde está atuando nas escolas municipais com a proposta de instruir estudantes para os cuidados preventivos à contaminação e transmissão de bactérias e vírus.


O trabalho da equipe da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Noêmia, que já desenvolve outros projetos sobre cuidados e qualidade de vida junto aos estudantes, ganhou ênfase agora, com a chegada do outono e inverno, uma vez que as temperaturas mais baixas favorecem infecções como gripe, resfriado e a própria covid-19, que ainda não está totalmente controlada. Além dessas, doenças como sinusite, rinite e crises de asma e bronquite aumentam consideravelmente nesta época.


Sob esta perspectiva, três servidores municipais desenvolveram ações preventivas durante esta semana em duas escolas de educação infantil do município, relacionando a importância da higiene correta das mãos neste processo. Na última terça-feira (23/05), a equipe da SMS esteve na EMEI Irmão Pedro, localizada no Bairro Quinta da Boa Vista, mobilizando – de maneira didática e lúdica - cerca de 30 crianças em torno da temática.


A turma da SMS, vestindo fantasias de bactérias, foi até a instituição munida de adereços temáticos para distribuir aos alunos e envolvê-los no clima de empoderamento. Após narrativa que abordou as muitas formas de contato com os agentes nocivos à saúde e ensinou a técnica correta de lavagem das mãos (ponta dos dedos, entre os dedos, costas das mãos e debaixo das unhas, higienizar pulsos), os agentes de saúde agregaram à ação música-tema derivada de composição autoral.


Os profissionais da saúde utilizaram glitter para demonstrar aos pequenos como se dá a transmissão dos germes. O projeto aposta no fator multiplicador dos ensinamentos que as crianças têm em suas famílias.

TRÊS VENDAS

A outra escola de educação infantil que recebeu o projeto da saúde foi a Sítio Encantado, na localidade de Três Vendas, interior do município. O encontro aconteceu na quarta-feira (24/05), integrando aproximadamente 20 estudantes da tarde. A capacitação das crianças enumera ainda outras doenças que podem ser facilmente evitadas com a efetiva e regular higiene das mãos: como a chamada “mão, pé, boca”, resfriados, herpes, conjuntivite e diarreia.


Demais instituições de ensino interessadas em receber a equipe e trabalhar a prevenção à dengue com seus estudantes podem agendar a atividade preventiva diretamente com a equipe pelo telefone (51) 3724-6075.




Fonte: Imprensa Saúde/Viviane Souza.


bottom of page