top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Coordenadoria Municipal da Mulher adesiva 400 veículos em Blitz para marcar Mês da Mulher



A Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher realizou uma blitz nesta quinta-feira (07), em uma iniciativa conjunta com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Patrulha Maria da Penha do 35º Batalhão de Polícia Militar, a Delegacia de Polícia de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPPGV) e o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), a ação educativa focou na prevenção e combate à violência contra a mulher.


A blitz aconteceu em frente à Casa de Cultura, na rua 7 de Setembro, onde adesivos foram afixados em 400 veículos, destacando números de canais de auxílio, como Disque 180 e 190.


A Confiança Mobi também se uniu à causa, colaborando para mobilizar motoristas de aplicativos em apoio à iniciativa. A ação contou com a participação das comissárias da Polícia Civil Geila Diomara Batista Ramos e Fabiana Baumhardt Fernandes, dos soldados Ottaran e Jobim da Patrulha Maria da Penha do 35º BPM, além da presidente da CDL, Lourdes Steindorff, a vice-presidente Angela Carvalho, e a equipe itinerante do CREAS. A Prefeita Angela S. Schuh também esteve presente na ação.


Elisandra Martins ressaltou a importância da ação, buscamos o apoio da CDL, que abraçou a causa, divulgando os canais de ajuda e patrocinando 500 adesivos com números de socorro. Também destacou a importância das medidas protetivas e da atuação conjunta da rede. O respeito à data vai além de flores, servindo como reflexão sobre tudo pelo qual lutamos para chegar até aqui.






SERVIÇO

- Disque 190 - Em caso de emergência


- Delegacia de Polícia Civil Plantão 24hrs - Rua Isidoro Neves da Fontoura, Bairro Rio Branco (A vítima registra boletim de ocorrência com a Medida Protetiva de Lei Maria da Penha).


-Disque 180 - Denúncia anônima Central de Atendimento à Mulher (Procure informar o máximo de dados para facilitar a investigação)


- Patrulha Maria da Penha – 51 9 8637 0656 - A Sala Lilás funciona na Rua: Leopoldo Souza, 1448 Bairro Santa Helena


- CREAS Centro de Referência Especializado em Assistência Social – Acompanhamento de vítimas. Whatsapp 9 9538 3338 - Atende na Rua Juvêncio Soares, próximo a sinaleira da Rua Davi Barcelos.


TRÊS PERGUNTAS

Quem responde é Elisandra Martins, titular da Coordenadoria Municipal da Mulher


1- Como funciona a Campanha Sinal Vermelho?A campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Associação de |Magistrados Brasileiros (AMB), tem como foco agir e facilitar a denúncia e auxiliar vítimas de violência doméstica, em estabelecimentos comerciais, como farmácias e lojas cadastradas, com a apresentação de um X vermelho na palma da mão. É mais um importante instrumento de denúncia. Lembrando sempre que possível acione o 190.


2 – Como aderir a Campanha Sinal Vermelho?A adesão acontece por meio de e-mail, após assinado será fornecido material da divulgação com logo oficial da campanha. O termo assinado deverá ser encaminhado ao e-mail sinalvermelho@amb.com.br. Assim o estabelecimento com o selo oficial, terá funcionários capacitados e saberão como auxiliar a vítima. Acerca do uso de logo e imagem oficial pode ser enviada para comunicação@amb.com.br. O programa foi instituído por Lei Federal nº 14.188/2021.


3- Como identificar um sinal silencioso de ajuda?Além do sinal com um X vermelho na palma da mãos, também tem o sinal universal de ajuda. É realizado mostrando a palma de uma das mãos, e, em seguida dobrando os demais dedos para baixo ocultando simbolicamente o polegar. Este gesto viralizou em período de pandemia quando teve o gesto silencioso em uma vídeo chamada.


O Número

220 vitímas de violência doméstica sob medida protetiva Maria da Penha estão ativas acompanhadas pela Patrulha Maria da Penha de Cachoeira do Sul.


Apoio:

CDL

Steindorff

Setor de Trânsito

Gráfica Jacuí

Confiança MOBI

Boutique Vértice





Crédito: Adrine Zigulich.

Comments


bottom of page