top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Coordenadoria da Mulher fecha parceria para curso profissional para mulheres na área da indústria



A Coordenadoria da Mulher em parceria com o Serviços Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e SINMETEL (Sindicato das Metalúrgicas Mecânicas e de Material Elétrico de Cachoeira do Sul) anunciam uma colaboração estratégica em prol da formação profissional para mulheres na área da indústria. Esta iniciativa proporcionará oportunidades para 15 mulheres interessadas em atuar no setor industrial, por meio de um curso com carga horária total de 158 horas, totalmente gratuito.

As candidatas interessadas em participar do curso e adquirir conhecimentos para ingressar no mercado de trabalho industrial poderão realizar suas inscrições no período de 2 a 4 de agosto, durante os horários das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30, presencialmente na seguinte localização: Rua 7 de Setembro, 1121, anexo à Biblioteca Pública Municipal, na sala da Coordenadoria da Mulher. Para efetuar a inscrição, a candidata deverá possuir idade mínima de 17 anos, ter concluído o ensino fundamental ou cursar o nono ano. Além disso, será necessária a apresentação dos documentos de RG, CPF e comprovante de residência.

Após o período de inscrições, serão selecionadas as 15 candidatas que preencherem os requisitos para a participação no curso.

O curso terá início no dia 14 de agosto, sendo realizado no período noturno, das 18h30min às 21h30min, de segunda a quinta-feira, nas instalações do SENAI situado na Rua Amália Negri, 739, Bairro Oliveira.


Presença assídua é essencial

O presidente da SINMETEL, Adriano Cauduro, ressalta que, entre os critérios para garantir a vaga no curso, a candidata não poderá ter experiência prévia ou ter atuado anteriormente na área da indústria. O gerente de operação do SENAI/Cachoeira, Juliano Pereira, enfatiza a importância da frequência regular ao longo do curso, uma vez que a presença assídua é essencial para obter o certificado e concluir a formação com êxito.

Elisandra Martins, coordenadora da Coordenadoria da Mulher, comemora a relevância dessa oportunidade para as mulheres da região e destaca o enriquecimento do conteúdo oferecido pelo SENAI, instituição que completa 71 anos de dedicação à formação profissional. Além disso, ressalta-se o compromisso do SENAI em investir na capacitação da mão de obra feminina, uma aposta que reflete a visão progressista e inclusiva da instituição, conforme mencionado por Juliano.

Essa iniciativa conjunta reflete o comprometimento da Coordenadoria da Mulher, SENAI e SINMETEL em fomentar a igualdade de oportunidades e promover a qualificação de mulheres no setor industrial, contribuindo para o crescimento econômico e social da comunidade local.

O curso será estruturado em 12 temas, cada um com uma carga horária específica, visando proporcionar uma formação completa e abrangente na área da indústria. Abaixo, encontram-se os temas e suas respectivas horas de duração:


  1. Metrologia – 12 horas

  2. Tecnologia Mecânica – 20 horas

  3. Tecnologia de Materiais – 30 horas

  4. Matemática Básica – 12 horas

  5. Eletrotécnica – 9 horas

  6. Desenho Técnico – 18 horas

  7. Higiene e Segurança do Trabalho – 9 horas

  8. Máquinas e Equipamentos – 24 horas

  9. Gestão pela Qualidade – 9 horas

  10. Relações Humanas – 6 horas

  11. Educação Financeira – 3 horas

  12. Empreendedorismo – 6 horas


Uma pergunta para Edson Luiz Cruz - Gerente de Recursos Humanos da Screw


Qual a importância, ou que achas da mão de obra feminina na indústria?

“Na Screw Indústria Metalmecânica, contamos atualmente com uma equipe de 136 profissionais mulheres desempenhando papéis diversos e ocupando postos de trabalho tanto nas áreas administrativas como nas operacionais (fabril). Além disso, temos a perspectiva de ampliar ainda mais a presença feminina em nossa empresa. Essa realidade reflete a importância inestimável das mulheres na indústria, uma vez que elas se destacam pela dedicação incansável na busca pelo conhecimento e aprimoramento contínuo de suas atividades.”


Fotos/Texto: Ascom Prefeitura Cachoeira


Comments


bottom of page