• Da Redação

Diariamente as pessoas procuram a triagem na UPA

No dia 27/03, a UPA começou a atender a população cachoeirense com sintomas de síndrome gripal (tosse, febre, falta de ar) na Central de Triagem montada pelo Exército. A triagem funciona 24 horas por dia, verificando, através de protocolos, a necessidade de internação. Se assim for necessário, o paciente é encaminhado ao Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) de Cachoeira do Sul.


Nos últimos sete dias, a UPA registrou um total de 821 atendimentos. Destes, 158 pacientes passaram pela Central de Triagem apresentando sintomas do COVID-19, ou seja, desde que foi criada, a triagem atendeu 19,2% dos pacientes que procuraram a UPA. Os outros 663 pacientes que procuraram o atendimento de saúde, apresentavam outras diversas patologias, sintomas ou traumas.


Outro dado aponta que 3,8% dos atendimentos realizados na triagem, foram encaminhados para o HCB, conforme divulgado pela assessoria de imprensa. Quatro no dia 28/03 e dois no dia 01/04. O HCB divulga um boletim diário no seu site e em suas redes sociais dos atendimentos realizados pela triagem.


Quem deve procurar a triagem na UPA? Devem procurar a Central de Triagem os pacientes do SUS e convênios com síndrome gripal (tosse, febre, falta de ar). Casos mais simples continuarão a ser tratados no domicílio ou Posto de Saúde/ESF e devem reforçar o isolamento social.

Foto: Arquivo Defesa Civil


Tchê Peq..png