• Da Redação

Dienifer Weirich | Como está seu sono? Entenda a relação do sono com a alimentação

Muitas vezes esquecemos ou até mesmo não sabemos a importância do sono em nossas vidas. Porém, a energia que temos ao realizar as atividades cotidianas se deve a manutenção de hábitos saudáveis, como uma boa noite de sono.


Perturbações do sono estão diretamente relacionadas com o tipo de alimentação, atividade física, estilo de vida e tempo excessivo de telas. A má qualidade do sono pode prejudicar o desempenho nas atividades diárias, provocar mudanças no comportamento alimentar, reduzir a imunidade e aumentar os riscos de desenvolvimento de doenças crônicas, como obesidade, diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares.



Assim sendo, para melhorar a qualidade do seu sono, disponibilizo 5 dicas simples:


1. Consuma alimentos que estimulam a produção de serotonina. A serotonina é um neurotransmissor que regula o sono, a capacidade de aprendizagem, humor, sensação de prazer, bem-estar e o desejo por comer doces.


Os alimentos que estimulam a produção de serotonina são:

Ovo, atum, leite, queijos, banana, aveia, abacate oleaginosas (castanha, amendoim, amêndoas, nozes), folhas de cor verde escuro, leguminosas (feijão, lentilha, soja, grão de bico, ervilha), germe de trigo, abacate, aveia, arroz integral, chocolate amargo, canela e mel.


2. Evite bebidas estimulantes como café, mate, chá verde, chá preto, refrigerantes, bebidas energéticas e também bebidas alcoólicas.


3. Evite consumir alimentos pesados, gordurosos e de difícil digestão ou comer em grande quantidade, pois a digestão fica mais lenta dificultando e piorando a qualidade do sono.


4. Utilize chás calmantes quando necessário (melissa, camomila, erva-doce, maracujá ou mulungu).


5. Mantenha um horário regular para dormir e acordar.

Dienifer Weirich

Tchê Peq..png