• Da Redação

Em 2020, foram registrados até o momento mais 21 casos positivos para HIV em Cachoeira

O 1º de dezembro - Dia Mundial da Luta Contra AIDS - foi estabelecido pela Assembleia Mundial de Saúde e ONU, em 1987, é adotado pelo Ministério da Saúde desde 1988 e destinado à reflexão e conscientização da população sobre o tema. Passados 30 anos do estabelecimento desse dia, a AIDS ainda acomete grande número de pessoas no Brasil e no mundo e continua cercada de preconceitos e tabus.


No mundo, 44,5 milhões de pessoas vivem com HIV. No Brasil, no último ano, foram notificados 43.941 novos casos de HIV e 37.161 casos de aids – com uma taxa de detecção de 17,8/100.000 habitantes, totalizando, no período de 1980 a junho de 2019, 966.058 casos de aids detectados no país.


No que se refere à idade, verifica-se que a maioria dos casos de infecção pelo HIV encontra-se na faixa etária dos 20 aos 39 anos, representando 60,1% dos casos.


Foto: Divulgação


No Brasil, no período de janeiro de 2000 a junho de 2018, foram diagnosticadas 116.292 gestantes infectadas pelo HIV. Destas 20.786 do Rio Grande do Sul (17,9% ). A taxa de detecção no estado passou de 9,2 em 2007 para 9,5 em 2017, sendo 3,4 vezes maior que a taxa do Brasil (2,8/1.000 nascidos vivos)


Em Cachoeira do Sul


Atualmente, o Ambulatório Vida atende 592 pacientes em tratamento regular, dos quais 298 são femininos e 294 masculinos, cuja distribuição por faixa etária é:


- entre 0 e 12 anos - 3


- entre 13 e 21 anos - 30


- entre 22 e 60 anos - 474


- entre 61 a 90 anos – 85


Novos casos


Até o momento foram notificadas, em 2020, 21 pessoas HIV positivas no município. Destas, 11 do sexo feminino e 10 do sexo masculino, nas idades entre 17 e 65 anos. Durante o ano de 2020 estão sendo acompanhadas no serviço 14 gestantes soropositivas e 20 crianças de 0 a 2 anos expostas verticalmente ao HIV.


Óbitos em 2020: Neste ano, foram registrados 5 óbitos por AIDS no município, sendo 2 do sexo feminino e 3 do sexo masculino.


Em todas as Unidades Básicas e Estratégias de Saúde da Família do município são ofertados testes rápidos para diagnóstico do HIV.


Testes realizados em 2020:


- 1.138 testes (livre demanda/ público geral) com 8 resultados positivos;


- 971 testes em gestantes, com 6 positivos;


- 32 testes em parceiros de gestantes com nenhum resultado positivo.


No Ambulatório Vida, de janeiro de 2020 até o momento, foram realizados 240 testes rápidos HIV, com 18 resultados positivos - entre estes positivos, 7 mulheres (sendo 2 gestantes) e 11 homens.


HIV e Gestação


O boletim epidemiológico 2019 chama a atenção para o aumento de gestantes/HIV no Brasil em 40 % nos últimos 10 anos (2008-2018) e dados de 2018 apontam o Rio Grande do Sul em 1º lugar nos estados com número maior de gestantes soropositivas.


Em Cachoeira do Sul, em 2018, foram 7 gestantes; em 2019 foram 9 gestantes e 2020, 14 gestantes, confirmando a tendência do Estado.


Estima-se que, atualmente, 70% das pessoas vivendo com HIV conhecem seu status sorológico. Para atingir as metas 90-90-90, mais 7,5 milhões de pessoas precisam ter acesso aos serviços de testagem para HIV. Em meados de 2017, 20,9 milhões de pessoas que vivem com HIV estavam recebendo a terapia antirretroviral, em todo o mundo.


Entre 2000 e 2016, o número de novas infecções por HIV caiu em 39% e as mortes relacionadas ao HIV caíram em um terço, com 13,1 milhões de vidas salvas devido à terapia antirretroviral no mesmo período. Essa conquista foi o resultado de grandes esforços dos programas nacionais de HIV, apoiados pela sociedade civil e por uma série de parcerias institucionais e comunitárias.


O Ministério da Saúde recomenda para as pessoas sexualmente ativas que os testes para HIV e outras ISTs sejam feitos periodicamente, ao menos uma vez ao ano, podendo e devendo ser repetido.


Ambulatório Vida


Em 1º de dezembro de 2020, o Ambulatório Vida - Serviço Especializado em IST/Aids e Hepatites completa 20 anos de atuação. Possui uma equipe técnica composta por médico, enfermeiro, assistente social, psicólogo, farmacêutico, técnico em enfermagem, redutor de danos, auxiliar administrativo e higienizador e atende de segunda a sexta-feira no horário das 7 horas às 12 horas e das 13 horas às 16 horas.


Informações: Equipe técnica do Ambulatório Vida de Cachoeira do Sul

Tchê Peq..png