top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Estado fará novas obras na Escola do Piquiri com investimento de R$ 7,5 milhões


A 20ª Coordenadoria Regional de Obras, a pedido da Secretaria Adjunta de Obras, Zilá Breitenbach, protocolou no final da tarde desta quarta-feira, 1º de novembro, na Prefeitura de Cachoeira do Sul o Estudo de Viabilidade Urbanista (EVU) para uma obra de ampliação e reforma na Escola Estadual de Ensino Médio Piquiri, na localidade de Piquiri.

Antes, o documento foi apresentado pelo Coordenador da 20ª CRO, Robinson Blatt de Oliveira e o assessor adjunto, Ramirez Lauxen, ao Procurador-Geral, Helio Garcia Junior, e a secretária interina de Planejamento, Vanessa Csaszar. Antes de iniciar a obra, é necessário o parecer da Comissão Técnica Multidisciplinar (CTM).


O projeto prevê a construção de uma quadra coberta de 527 m², um muro para cercar os 272 da escola, acessibilidade com elevador, construção da central de gás, nova cozinha, sala maker e estacionamento. Ao todo são 1.551,85m² de área construída em um investimento estimado em R$ 7,5 milhões. A previsão é de que as obras iniciem em meados de 2024 e estejam concluídas em maio de 2025.


Estado solicita estudo de viabilidade urbanista para obras na Escola do Piquiri

A 20ª Coordenadoria Regional de Obras, a pedido da Secretaria Adjunta de Obras, Zilá Breitenbach, protocolou no final da tarde de quarta-feira na Prefeitura de Cachoeira do Sul o Estudo de Viabilidade Urbanista (EVU) para uma obra de ampliação e reforma na Escola Estadual de Ensino Médio Piquiri, na localidade de Piquiri.


Antes, o documento foi apresentado pelo Coordenador da 20ª CRO, Robinson Blatt de Oliveira e o assessor adjunto, Ramirez Lauxen, ao Procurador-Geral, Helio Garcia Junior, e a secretária interina de Planejamento, Vanessa Csaszar. Antes de iniciar a obra, é necessário o parecer da Comissão Técnica Multidisciplinar (CTM).


O projeto prevê a construção de uma quadra coberta de 527 m², um muro para cercar os 272 da escola, acessibilidade com elevador, construção da central de gás, nova cozinha, sala maker e estacionamento. Ao todo são 1.551,85m² de área construída em um investimento estimado em R$ 7,5 milhões. A previsão é de que as obras iniciem em meados de 2024 e estejam concluídas em maio de 2025.


Texto e foto: Patrícia Miranda

Comentários


bottom of page