top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Expocande, em Candelária, será “zero carbono” pela primeira vez

A 11ª edição da Exposição Industrial, Comercial, Serviços e Agronegócios de Candelária (Expocande) assume um novo papel de responsabilidade ambiental e social em 2024. Isso porque a feira, que ocorre de 30 de abril a 5 de maio no Parque Municipal de Eventos Itamar Vezentini, será “zero carbono” pela primeira vez. A partir de um estudo conduzido por um engenheiro ambiental, serão coletados dados sobre a emissão de carbono (Gases do Efeito Estufa - GEE) durante a feira para posterior compensação através do plantio de árvores nativas.


               Na prática, serão coletados dados sobre os meios de transporte utilizados pelos visitantes, expositores e prestadores de serviços para deslocamento até a Expocande. A ação, que deve verificar o tipo de veículo e a quantidade de pessoas, será feita em parceria com a empresa contratada para operar o estacionamento e acesso ao pórtico. Além disso, serão recolhidas informações sobre consumo de água, energia elétrica e geração de resíduos sólidos da feira.


           “Com base em todos esses dados, vamos determinar o quanto de emissões de carbono foi gerada pela Expocande e realizar a compensação através do plantio de árvores nativas”, explicou o engenheiro ambiental, Roberto Pilz. O profissional destaca ainda que o objetivo é melhorar a cada nova edição. “Para as edições futuras, também será realizada a compensação, mas buscaremos reduzir cada vez mais as emissões”, explicou.


          Conforme o engenheiro, o plantio das árvores nativas será feito em áreas degradadas, ou seja, com vulnerabilidade ambiental e que precisam ser regeneradas para auxílio à biodiversidade. A data do plantio ainda não está determinada, mas há uma previsão. “Projetamos o plantio das mudas de árvore ainda no ano de 2024, dentro da janela de maio a agosto que é o período ideal”, finalizou.


              Ações ambientais: A iniciativa “zero carbono” não será a única realizada durante a feira. Com o objetivo de destacar os projetos ambientais e incentivar o cuidado com o meio ambiente, a Expocande terá diversas ações sobre o tema, dentre elas, a separação dos resíduos sólidos. Através de informativos e práticas de incentivo, a separação dos resíduos será um dos destaques na área ambiental. Posteriormente, os materiais coletados serão enviados para recicladores licenciados, fomentando a geração de trabalho e renda local.


Meios de transporte até o parque serão monitorados.

Crédito da foto: Divulgação

Comentarios


bottom of page