• Lenon Quoos

Fogo simbólico da Semana da Pátria chega dia 16 de agosto em Cachoeira

A pandemia da Covid-19 interrompeu as atividades que marcariam a Semana da Pátria 2020. Mas neste ano, a ideia é marcar a data, mesmo que com diversas restrições. A chegada do fogo simbólico da Semana da Pátria em Cachoeira do Sul, que celebra os 199 anos de Independência do Brasil, já tem data marcada e será em 16 de agosto. O horário ainda não está definido, mas está previsto para o turno da manhã. No almoço, os representantes da Liga de Defesa Nacional, que conduzem a chama, serão recepcionados na Escola Municipal Cívico Miliar Dinah Néri Pereira.


A Secretaria Municipal de Educação já iniciou as tratativas da celebração deste ano, que devido a pandemia da Covid-19, terá que ter várias adaptações. Uma das incertezas é com relação aos desfile cívico/militar, que acontece tradicionalmente no dia 7 de Setembro. “Diante do atual cenário, é impossível dizer se terá ou não desfile. Mas precisamos organizar tudo e garantir ao menos as sessões cívicas, mesmo que elas aconteçam de forma virtual”, explicou a Secretária de Educação, Angela Schuh.


A corrida do fogo simbólico, que leva a centelha da chama da Guarnição Federal até a Pira da Pátria, na Praça Borges de Medeiros, também terá que ter adaptações neste ano, evitando aglomerações. A corrida acontece na manhã do dia 1º de setembro, iniciando as comemorações da Semana da Pátria. A homenagem deste ano será a Defesa Civil do Município, que vem prestando um relevante trabalho não somente no que diz respeito ações preventivas, de socorro, assistenciais e reconstrutivas destinadas a evitar ou minimizar os desastres naturais em Cachoeira do Sul, mas também está neste momento diretamente envolvida nas questões relativas a pandemia da Covid-19 no Município.


Já está definido também o tema municipal da Semana da Pátria. Em 2021, o tema será: Cachoeira do Sul #belaquesóela. Uma alusão ao livro lançado em homenagem aos 200 anos de Cachoeira do Sul que aponta as belezas do Município. “Vivemos em um momento de tanta tristeza que nossa missão se torna incentivar a autoestima da cidade e de nossa comunidade”, justificou a Angela.

Foto: Divulgação

Banner para site-1.png