• Da Redação

Igor Noronha | Giro da Semana

BR 290


Através do twitter, o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas me diz que a duplicação da rodovia, cuja importância é enorme para a região por sua complexidade e valor (quase R$ 1 bi), é um desafio e está no seu radar, mas os recursos são insuficientes, por isso há a possibilidade de concessão via BNDES. Até lá a prioridade estão nos pontos críticos, como o viaduto de Charqueadas que ficou muito bom.


PAULO GUEDES


Depois de asneiras como “funcionários públicos são parasitas”, que “todo mundo agora quer viver até 100 anos” e que “as pessoas destroem o meio ambiente porque precisam comer” (lembrando que o campo é que sustenta nossa economia) assistimos ao “FIES bancou universidade até pro filho do porteiro que zerou o vestibular”. Só para esclarecer, já que o fantoche da Faria Lima quer distorcer as coisas, o FIES não “banca” universidade pra ninguém. É um sistema de financiamento. Com juros e várias parcelas. Depois de formado o estudante leva com o diploma uma dívida com o Estado.


TRANSPARÊNCIA


Está caindo de maduro um projeto de lei que obrigue a empresa de comunicação responsável pela publicação dos atos oficiais do município a disponibilizar, em seu portal na internet, dispositivo que permita ao cidadão não assinante, o acesso às publicações pagas com dinheiro público. De tramitação mais rápida que a PELOM do Diário Eletrônico que, até onde se sabe, nem comissão especial tem.


VACINAÇÃO


Com o Rio Grande líder no país e Cachoeira ponteando no estado, temos motivo para nos orgulhar. Que a normalidade retorne logo com pão na mesa e vacina no braço. A imunização dos profissionais da educação foi um golaço.


LIBERDADES


Na semana que lembramos a liberdade de imprensa, tão fundamental em uma sociedade democrática, devemos ter bem claro que quando um cidadão se manifesta, observando as regras em direito admitidas, contra o que é escrito ou dito, principalmente quando das redações saem pautas pouco republicanas, também está exercendo sua liberdade. O respeito às reputações, de pessoas e instituições, são de observância obrigatória, senão a liberdade vira libertinagem.


CONTINUIDADE


A manutenção de políticas públicas exitosas deve ser comemorada. Governos passam e a necessidade das pessoas é muito maior que essa transitoriedade. No plano federal o PAC deu lugar ao Avançar Cidades, em nível estadual temos o PIM (Primeira Infância Melhor) e por aqui, a Pavimentação Comunitária deu lugar ao Pavimentando Sonhos.


DIA DAS MÃES


Final de semana de homenagearmos aquela que nos deu a vida e nos amamentou, nos carregou no colo, nos levou à escola naqueles primeiros dias. Parabenizar também aquelas com as quais dividimos projetos de vida, que nos fazem pais. Ainda não será como antes, com abraços, beijos e mesa cheia, mas agradeço a Deus por ter a minha mãe viva, participativa na nossa vida, forte e ativa. Quanta bênção.

anúncie aqui!.png
1/1571