top of page
  • Lenon Quoos

IPE Saúde tem novo presidente

O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul (IPE Saúde) tem um novo diretor-presidente. Bruno Jatene anunciou oficialmente que deixará o comando da autarquia, durante reunião na tarde desta quarta-feira (26/7), no Palácio Piratini, com a presença do governador Eduardo Leite. Depois disso, Leite apresentou o médico Paulo Afonso Oppermann como o novo dirigente do instituto.

Jatene deixa o cargo após um ano e quatro meses à frente do IPE Saúde, período em que realizou diversas ações com foco na reestruturação e na sustentabilidade financeira do sistema de saúde. O gestor explicou que já havia conversado anteriormente com o governador sobre o desejo de deixar a chefia da autarquia e assumir um novo desafio na iniciativa privada.


Durante o encontro desta quarta, Jatene externou agradecimentos ao governador, a secretários de Estado e à equipe do IPE Saúde. “Agradeço e declaro, como já havia mencionado ao governador, o interesse em encerrar meu ciclo dentro do IPE Saúde. Estou saindo do setor público porque resolvi aceitar uma proposta na iniciativa privada, fora da área da saúde. Estou indo, mas com o desejo de que um novo momento do IPE Saúde seja construído”, afirmou.


Leite agradeceu a Jatene pelo cumprimento de sua missão. “Existem ciclos que são cumpridos. Jatene cumpriu muito bem sua tarefa no IPE Saúde. Respeitamos sua disposição de assumir outro desafio e desejamos sucesso em suas novas funções”, disse o governador.


Em seguida, Leite apresentou o novo diretor-presidente. Com 30 anos de experiência na área da saúde, Oppermann afirmou que é uma honra assumir a direção da autarquia. “Essa função vem, de certa forma, coroar a minha trajetória de três décadas de atuação. O governador disse que queria um IPE forte, com capacidade de dar a melhor assistência possível aos seus usuários. Prometo empenhar todo o meu esforço e conhecimento para cumprir essa determinação”, declarou.


Durante a reunião, Jatene realizou um balanço de sua gestão, destacando pontos como a redução das dívidas da autarquia, que diminuiu de R$ 650 milhões para R$ 180 milhões, a revisão do modelo de financiamento do instituto, a nomeação de novos concursados e o credenciamento recente de novos médicos, entre outros avanços.


Acompanharam o ato o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos, e a secretária de Planejamento, Governança e Gestão, Danielle Calazans.


Paulo Afonso Oppermann

Natural de Porto Alegre (RS), Paulo Afonso Oppermann é graduado em Medicina pela Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre, com pós-graduações em Pediatria e Governança Corporativa. Já atuou como médico de Saúde Pública e como auditor médico no governo do Estado e no Ministério da Saúde. Em sua trajetória profissional, assumiu diversos cargos de gestão, especialmente em operadoras de planos de saúde privados.

Imagem: Governo RS.


Comments


bottom of page