top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Jéssica Oliveira | Gerenciamento e acompanhamento: como evitar dores de cabeça nas obras

Para que a obra seja realizada da melhor forma possível, otimizando e economizando tempo e dinheiro, são necessárias algumas estratégias como o gerenciamento e acompanhamento de obras, que possuem conceitos diferentes, mas que tem como objetivo que a obra seja planejada e concluída de forma bem-sucedida.


Acompanhamento - É um processo de visitas periódicas à obra em que os responsáveis técnicos levantam informações acerca de toda a obra com anotações e fotos, inclusive de inconformidades com o projeto inicial, até possibilidades de atrasos na entrega da construção, com o intuito de assegurar que a construção esteja andando conforme o projeto e que todas as etapas de projetos de arquitetura e engenharia sejam seguidas conforme as especificações. Serve também para orientar os profissionais sobre alguns detalhes e tirar possíveis dúvidas tanto dos profissionais como dos clientes.

É um processo bastante técnico que fornece diversas vantagens como:

• Identifica quaisquer riscos;

• Permite implementar iniciativas corretivas e paliativas antes que erros ocorram;

• Aumenta a produtividade e eficiência da operação;

• Reduz custos e desperdícios;

• Facilita a criação de um histórico de toda a obra;

• Simplifica o gerenciamento de materiais;

• Promove melhor gerenciamento da mão de obra;

• Aumenta a confiabilidade e segurança do projeto.

• Controle de qualidade da obra;


Para otimizar o acompanhamento da obra, o planejamento é fundamental, começando pelo entendimento das características e fases do projeto, estando preparado para imprevistos que possam ocorrer, por meio de um cronograma realista, e pensando no futuro para tomar as melhores decisões de forma mais estratégica.


O acompanhamento de obra se difere do gerenciamento pois exige que toda a orçamentação, contratação de fornecedores e profissionais e até orientações iniciais fique de responsabilidade do cliente.


Gerenciamento - Está ligado diretamente com o planejamento e orçamento e tem como objetivos:

• O controle do estoque de materiais, que é de extrema importância para que não falte os materiais de cada etapa, mantendo o andamento das obras em dia, evitando atrasos das demais etapas e mantendo a qualidade da obra, evitando desperdícios, o que consequentemente eleva o custo final da obra;

• Auxilio na execução conforme o projeto para que não ocorram modificações inadequadas ou indesejadas na obra;

• O Gerenciamento antecipa os possíveis problemas sendo possível serem resolvidos da forma mais adequada e eficiente;

• Cada etapa da obra possui suas próprias especificações, o gerenciamento desenvolve uma estratégia produtiva mais eficiente e lógica;

• O gerenciamento é o maior aliado da redução de custos na obra pois controla, analisa e otimiza os custos, evitando desperdícios e gastos desnecessários;

• Garante a segurança no canteiro de obras, implementando diversas estratégias para proteger os profissionais e a comunidade do entorno;

• Desenvolve um cronograma de prazos para cada etapa da obra para que seja concluída no prazo estimado.


Tanto o gerenciamento como o acompanhamento da obra desempenham papel fundamental na construção civil a fim de melhorar a organização das etapas da obra, diminuir desperdícios, auxiliar na execução fielmente como o projeto, a sua importância estende-se a várias áreas e impacta de forma positiva em diferentes aspectos.


Jéssica Oliveira.

Comentários


bottom of page