top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Jovem garante que é inocente da acusação de furto de panelas e que não mordeu policial

O serralheiro cachoeirense Douglas Lopes de Oliveira, de 22 anos, morador do bairro Marques Ribeiro, em Cachoeira do Sul, afirma que não arremessou um tijolo contra os policiais e nem mordeu a mão de um soldado.


Sobre a suspeita de furto de panelas, ele também esclarece que é inocente dessa acusação. "As panelas são da minha mãe. Eu estava pedindo o jogo de panelas para um vizinho e ele disse que não estava com as panelas. Então eu me exaltei e nesse momento ia passando a viatura da Brigada Militar com esse policial militar que me persegue fazem alguns dias. Ele desceu me agredindo e fazendo uma falsa ocorrência a meu respeito, onde fui covardemente agredido. O meu advogado irá provar minha inocência", ressaltou.


A confusão teria acontecido na noite do último sábado. Leia a reportagem aqui

Na Polícia Civil, consta que ele não prestou depoimento para se manifestar em juízo. De acordo com o jovem, ele foi agredido e ficou com lesões na boca, ombro, braço e na perna. Além disso, afirma que jogaram spray de pimenta em seus olhos. "Na UPA ninguém me ajudou e eu me debati em razão da dor, momento que posso ter danificado a porta", conta.


Comments


bottom of page