• Da Redação

Nilton Santos | As Crises São Essenciais

As crises são momentos extremos que nos conduzem a duas posturas: aceitá-la como fatalidade ou utilizá-la como uma alavanca para o crescimento. Ao refletirmos sobre como chegamos até aqui, veremos que foi a disposição de lutar e vencer os obstáculos que foram aparecendo desde o momento em que passamos a construir a consciência da necessidade de reagir e somarmos esforços e habilidades para superá-los. Portanto, ao mesmo tempo que nos impõe sofrimentos e perdas, as crises, pelo desconforto que causam, nos instiga e impele a buscar uma solução coletiva ou individual.


A cada degrau vencido, surge outro a ser transposto numa espiral infinita. Nossa história é essencialmente um registro de resistência às adversidades pois não chegaríamos até aqui sem que antes nossos antepassados não se dispusessem a vencer os problemas que foram surgindo ao longo do caminho. O primeiro era preservar a vida; nos percalços, atuais e futuros, muito mais complexos, o objetivo continua o mesmo, justamente porque nossa essência, apesar do incremento tecnológico, é imutável porque continuamos sendo essencialmente seres primitivos cujo maior objetivo é primeiro ficar vivo para passar o bastão às gerações futuras para que prossigam na mesma batida.


Portanto, a única herança que recebemos e deixamos não é representada por bens materiais, mas sim a coragem de enfrentar as infindáveis vicissitudes da nossa existência. Assim, ao invés de lamentarmos as crises, devemos entender que se chegamos até aqui, foi justamente porque nossos antepassados, muitas das vezes se sentindo acuados, resistiram e venceram, Herdeiros de lutas e superações de quem nos antecedeu, devemos repassar às gerações futuras esse ensinamento.


O gênio Albert Einstein, que antes de ser um brilhante cientista era um pensador, nos ensinou que “Não podemos querer que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a maior benção que pode acontecer às pessoas e aos países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, assim como o dia nasce da noite escura. ...” . Portanto, não lamente a crise, lute contra ela, por você e por quem irá sucedê-lo.

Nilton Santos.

anúncie aqui!.png
1/1571