top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Os Gaudérios conquista o 6º e Lanceiros o 11º lugar em sua estreia na finalíssima do Enart 2023


Imagem: Os Gaudérios.


O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Lanceiros do Sul e Os Gaudérios, pertencentes da 5ª Região Tradicionalista (RT) levaram o nome de Cachoeira do Sul para a Finalíssima Força B das Danças Tradicionais na 36ª edição do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) em 2023. O evento aconteceu entre essa sexta-feira e o domingo, 24 a 26, no Parque da Oktoberfest em Santa Cruz do Sul. A finalíssima aconteceu no domingo, quando os 20 melhores grupos receberam o troféu de finalista.


Os Lanceiros se apresentou na noite de sábado, 25, encerrando a fase classificatória, em busca de uma vaga na finalíssima na modalidade Danças Tradicionais Força B e conquistou o 11º lugar em sua estreia no festival.

O CTG Os Gaudérios esteve disputando na Força B e se apresentou na manhã de sábado, 25. Em sua 11ª participação, o CTG que fez 61 anos de história em 30 de junho, participou do primeiro Enart em 1996. Conquistaram o 6º lugar também na Finalíssima Força B das Danças Tradicionais com a sua Invernada Adulta. "Ficamos muito felizes com o resultado. Fizemos um resgate histórico com a Música Tropeiros do Tempo, usada em 2014 e que se tornou quase um hino dentro da nossa Entidade", destacou Juliana Santos, diretora Artística e Cultural do CTG.


A entidade apostou na experiência dos dançarinos na competição deste ano. A participação do CTG só foi viabilizada por conta de patrocinadores e jantares para arrecadar os recursos necessários, além do investimento individual de cada dançarino.


O CTG Os Gaudérios chegaram à Finalíssima Força B em 2011, 2012, 2018, 2019, 2022 e 2023 e o Final da Força A em 2008, 2009, 2013 e 2014. Na primeira final em 1996, ainda era FEGART e não ENART.

Imagem: Lanceiros do Sul.


CACHOEIRA VENCE DECLAMAÇÃO NO ENART

A prenda Muriel Machado Lopes, do PL Delfino Carvalho, sagrou-se campeã do concurso de Declamação do Enart 2023, que teve os vencedores anunciados na noite de domingo, em Santa Cruz do Sul. Muriel se dedica desde a infância aos concursos artísticos gaúchos e coleciona premiações. No Enart deste ano ela declamou um poema que homenageia o seu avô, Manoel Feliciano Machado, hoje com 92 anos.



Comments


bottom of page