top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Polícia Civil prende responsável por, aproximadamente, 30 mortes no estado do RS

Na noite desta quarta-feira, 21, a Polícia Civil gaúcha realizou uma importante prisão de um indivíduo responsável por disputa de grupos criminosos, os quais ocasionaram diversas mortes na Capital e Região Metropolitana. O indivíduo foi preso no estado de Santa Catarina, durante ação da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Viamão, com o apoio da Polícia Civil de Santa Catarina.


Desde setembro de 2023, as investigações vinham sendo realizadas para capturar o foragido, sendo que nos últimos dois meses as buscas se intensificaram, inclusive com deslocamentos frequentes dos policiais até Santa Catarina.

O preso é apontado pela investigação por ter participação em pelo menos, 30 mortes na região norte e sul de Porto Alegre e Região Metropolitana, como Viamão, Alvorada e Canoas. Uma das mortes causadas foi de uma estudante na Ilha das Flores, em janeiro de 2024.


Durante coletiva de imprensa realizada na Cidade da Polícia, o Secretário da Segurança Pública do RS, Sandro Caron, falou sobre a importância desta prisão: “Foram seis meses de trabalho técnico e de investigação. Esta foi a prisão mais importante que tínhamos que fazer para reduzir os homicídios no Rio Grande do Sul”, disse o Secretário.


O Chefe de Polícia, Delegado Fernando Sodré, durante sua fala, destacou: “O indivíduo preso é dissidente de um grupo criminoso da Capital e, desde setembro do ano passado, com essa dissidência, ocorreram conflitos entre organizações criminosas que ocasionaram diversas mortes no Rio Grande Sul. Trata-se de um indivíduo de alta periculosidade e que tem vinculação de forma direta ou indireta com inúmeras mortes”.


Já o Diretor da Divisão de Homicídios da Região Metropolitana, Delegado Rafael Pereira, falou sobre a prisão: “Temos o objetivo de prender não apenas os executores e mandantes, mas também os líderes de organização criminosa, que também se beneficiam desses conflitos em busca de território”, afirmou.


O Delegado Luiz Schaefer, da Polícia Civil de Santa Catarina, refere que “no começo de fevereiro, policiais civis do DHPP - PC/RS solicitaram apoio na captura de um foragido e assim iniciou-se uma operação em conjunto. Após diversas diligências, o indivíduo foi preso em 21/02.”


As buscas permanecem sendo realizadas em cidades de Santa Carina, em continuidade das investigações, às quais terão desdobramento no que tange à asfixia financeira do dinheiro ilícito angariado pelo indivíduo preso.

Imagem: Polícia.

コメント


bottom of page