top of page
  • Lenon Quoos

Projeto comunitário da ESF Quinta ganha uniforme

O Projeto de Apoio à Comunidade “Todos pela Vida”, organizado pela Estratégia de Saúde da Família (ESF) com o apoio da Associação dos Moradores do Bairro Quinta da Boa Vista, recebeu nesta sexta-feira, 29, a visita de representantes da empresa Copelmi Mineração Ltda que fizeram a doação de camisetas a todos os participantes da iniciativa.


O grupo de convivência partiu, inicialmente, de uma proposta voltada à prática de atividade física mas foi se tornando mais abrangente ao contemplar uma programação mais diversificada com foco em saúde e qualidade de vida, a fim de congregar o público de diferentes faixas etárias com interesses distintos.


A Associação dos Moradores do bairro cede o pavilhão para as atividades e a proposta dos organizadores tem sido ampliar o olhar do projeto a um contexto multidisciplinar, que abranja cuidados com a saúde física e saúde mental. A coordenadora da ESF Quinta, enfermeira Itiane Ottes, recebeu a equipe da Copelmi – Ilo Florisbal, Karin Bender e Caroline Mello – durante um dos três encontros semanais do grupo e falou da importância da colaboração para o reconhecimento do trabalho que vem sendo desenvolvido em equipe.

CONVIVÊNCIA E AUTOCUIDADO

Uma das idealizadoras do projeto, a enfermeira Chaiene de Moraes Dresch, comemora a evolução que o trabalho vem atingindo. “Nossos desafios como profissionais de saúde foram amplificados no pós-pandemia no que se refere a resgatarmos os hábitos de convivência social e combatermos o isolamento, causa do acréscimo nos diagnósticos de transtornos mentais, e passarmos a incentivar hábitos como o autocuidado e o vínculo coletivo, que serão nossos importantes aliados na prevenção da saúde física”, destacou. Diante deste panorama, o grupo de caminhada ganhou novas atividades como sessões de alongamento, acompanhamento da pressão arterial e nível da glicose, culinária saudável e confecção do sal verde de ervas nesta primeira etapa.


Também passarão a integrar o planejamento encontros de terapia ocupacional, a criação de um livro de culinária saudável, oficinas de artesanato e uma horta comunitária. O Projeto Todos pela Vida acontece todas as terças e sextas-feiras, às 8h, com caminhadas partindo do posto de saúde e demais atividades no pavilhão comunitário. Nas quintas-feiras, às 8h30min, ocorrem as sessões de ginástica.

O QUE CONTEMPLA O PROJETO

- Alertar quanto aos perigos de uma má alimentação;

- Conscientizar quanto aos benefícios de uma alimentação saudável;

- Ensinar a importância de higienizar os alimentos - criar a horta comunitária;

- Desenvolver capacidade analítica e interpretativa com os assistidos, raciocínio lógico, coordenação motora e percepção visual, tátil, olfativa e gustativa;

- Incluir atividades esportivas, de lazer e culturais, oportunizando o envelhecer saudável;

- Incluir grupos de artesanato, terapia ocupacional e oficinas de culinária nas atividades semanais.

Imagem: Ascom Prefeitura.

Comments


bottom of page