top of page

RGE sem previsão de quando energia será restabelecida em regiões de Cachoeira

A sequência de chuvas desde 29 de abril causou danos severos também na rede de distribuição de energia da RGE. A empresa informa o impacto das enchentes nos seus 381 municípios da área de concessão, números atuais da falta de energia e as ações diárias realizadas pela empresa.


Em Cachoeira do Sul, localidades com o Rio Jacuí no entorno, como a Ferreira, mantém com a rede elétrica desligada, com o objetivo de garantir maior segurança para quem transita, já que a rede em contato com a água pode ocasionar acidentes fatais. Ainda não há previsão quanto ao restabelecimento, já que o Rio Jacuí está baixando de forma lenta e há muita água represada.


Mesmo com as dificuldades enfrentadas, com bloqueios de estradas e alagamentos, que não permitem acesso às redes elétricas para atendimento às ocorrências, as equipes da RGE seguem totalmente mobilizadas para restabelecer o fornecimento de energia no menor prazo possível, respeitando as condições técnicas e de segurança.


A RGE alerta que a população deve ficar longe de fios partidos ou galhos de árvores que estejam caídos sobre a rede elétrica. A orientação nesses casos é acionar imediatamente a RGE e o corpo de bombeiros e aguardar o atendimento.

O estado teve impacto em 336 municípios, dos quais 276 estão na área de concessão da RGE. No pior momento, a distribuidora teve 72 cidades totalmente interrompidas; 54 cidades já foram religadas. Neste momento, 18 municípios da área de concessão estão totalmente desligados e 8 cidades estão parcialmente desligadas por solicitação das autoridades, por questão de segurança.


§  Cidades desligadas e com redes sendo reconstruídas: Bom Retiro do Sul, Boqueirão do Leão, Capitão, Colinas, Coqueiro Baixo, Doutor Ricardo, Estrela, Fazenda Vilanova, General Câmara, Gramado Xavier, Imigrante, Muçum, Paverama, Putinga, Relvado, Roca Sales, Santa Tereza e União da Serra.


§  Cidades parcialmente desligadas por alagamento: Canoas, São Leopoldo, Rio Pardo, Novo Hamburgo, Nova Santa Rita, Arroio do Meio, Cruzeiro do Sul, São Sebastião do Caí.


·         Neste momento, são 270 mil clientes interrompidos, 8,8% do total de clientes, sendo as regiões mais afetadas: Região Metropolitana, Vale do Taquari, Vale do Sinos e Vale do Rio Pardo.

·         A RGE segue mobilizada com quase 6 mil colaboradores incluindo eletricistas, técnicos, engenheiros, TI e todas as áreas de suporte da empresa.

·         A empresa segue atuando no mapeamento das áreas atingidas com apoio do Exército e da Defesa Civil estadual e municipais para realizar vistoria das redes.


 DESAFIOS

A RGE trabalha para normalizar o fornecimento no menor tempo possível. No entanto, há desafios importantes a serem superados. Os principais são bloqueios de estradas estaduais e federais (163 em toda a área de concessão), que impedem o tráfego de veículos leves e pesados, como caminhões de grande porte carregados com postes, transformadores e outros equipamentos, e áreas alagadas, onde não se sabe exatamente a dimensão dos danos e não há como religar a energia por segurança.


Mesmo com todas essas dificuldades, a RGE segue totalmente mobilizada para restabelecer o fornecimento de energia, respeitando as condições técnicas e de segurança.


ALERTA DE SEGURANÇA - A RGE alerta que a população deve ficar longe de fios partidos ou galhos de árvores que estejam caídos sobre a rede elétrica. A orientação nesses casos é acionar imediatamente a RGE e o corpo de bombeiros e aguardar o atendimento.


Em caso de falta de energia, fale com a RGE através de um dos canais digitais de atendimento:

SMS: Envie mensagem com o SEU CODIGO (que consta na conta de energia elétrica) para o número 27350.

WhatsApp: (51) 9 9955.0002

App: CPFL Energia (disponível para Android e iOS)

Call Center: 0800 970 0900.

Imagem: Arquivo.

Comments


bottom of page