• Da Redação

Rio Grande do Sul espera receber 100 mil doses das vacinas vindas da Índia

De acordo com a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, apesar de não ter uma informação oficial de quantas doses o Estado irá receber, ela garantiu a continuidade da vacinação contra a Covid-19. "Assim que tivermos essa informação, poderemos definir em qual grupo prioritário essa vacina será aplicada", explicou. “A prioridade é complementar a vacinação dos profissionais de saúde e de idosos não institucionalizados”, completou.


Arita ressaltou a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial no País de mais 4,8 milhões de doses da Coronavac: “Depois da arrancada inicial, temos a perspectiva da continuidade da vacinação. A vacina é uma proteção segura contra o coronavírus."


Foto: Divulgação


Nessa semana, o Rio Grande do Sul recebeu um lote com o total de 341,8 mil unidades da Coronavac. Metade das doses já foram distribuídas às coordenadorias regionais de saúde, que repassaram aos municípios. A outra parte ficou reservada pela Secretaria da Saúde (SES) para envio posterior aos municípios, assegurando quantitativo suficiente para a segunda dose de todos vacinados, com a segunda aplicação a ser feita 28 dias após a primeira


Saiba mais: Até esta sexta-feira, 44,2 mil pessoas já haviam sido vacinadas no território gaúcho.


Fonte: Correio do Povo

Banner para site-1.png