top of page
  • Lenon Quoos

Superintendência da Defesa Civil trata da cheia do Jacuí com Grupo de Apoio a Desastres

A Superintendência da Defesa Civil de Cachoeira do Sul esteve nesta quarta-feira, 20, em um encontro com o Grupo de Apoio a Desastres (Gade), na Univates, em Lajeado.O Gade é uma equipe técnica que apoia municípios na ocorrência de desastres e é coordenado pelo Centro Nacional de Monitoramento de Riscos e Desastres (Cenad), da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.


O encontro, intermediado pelo Coronel Jacob Pinton, coordenador do Crepdec 3 e seu adjunto, 1º tenente Ivan Flores da Rosa, foi fundamental para orientar os técnicos de Cachoeira do Sul com relação a conduta diante da cheia do Rio Jacuí. Como a cidade já está incluída no Decreto 57.197, que reclassificou o Município para situação de emergência devido à incidência de chuvas intensas entre 2 e 6 de setembro, um dos questionamentos é se a cidade deveria fazer um novo decreto devido a enchente ou complementar as informações junto ao decreto estadual já em vigor.

A orientação do Gade, para este caso, é complementar as informações com laudos atuais e um novo Formulário de Informações do Desastre (FIDE), já que a atual situação se deu em virtude de agravamento das chuvas. Os técnicos também orientaram com relação a projetos de reconstrução e restabelecimento de estruturas e como solicitar auxílios de reconstrução e também humanitária.

“Ter a orientação técnica correta é um passo importante para que possamos entregar toda a documentação necessária para garantir os recursos que Cachoeira precisa para atender as pessoas atingidas pela enchente e para restabelecer as estruturas atingidas, principalmente as pontes do interior”, explica o superintendente, Edson das Neves Júnior. Além dele, participaram do encontro a engenheira Jéssica Oliveira, a enfermeira Simone Mônego, a assistente social, Fernanda Fontoura e a assessora de imprensa, Patricia Miranda.

Imagem: Ascom Prefeitura.

Comments


bottom of page