top of page
  • Lenon Quoos

Barragem de Dona Francisca apresenta aplicativo de segurança para Defesa Civil de Cachoeira do Sul

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil de Cachoeira do Sul realizou no último final de semana do lançamento Aplicativo PROX, disponibilizado pela Dona Francisca Energética S.A. - DFSA. O PROX é uma ferramenta para auxílio à preparação e aos processos emergenciais decorrente de rupturas de barragens. O software serve como gerenciamento e suporte à gestão de planos de contingência para situações emergenciais e comunicação com partes interessadas, incluindo as populações influenciadas pela variação dos níveis dos rios.

O projeto do PROX foi concebido ainda em 2005 pela área de Engenharia da CEMIG, no âmbito do Programa de Relacionamento com Comunidades (Proximidade), para a prestação de informações sobre a situação das barragens das usinas hidrelétricas.

A DFSA aderiu ao PROX e está disponibilizando as comunidades localizadas dentro da Zona de Auto Salvamento (ZAS), de acordo com a lei de Segurança de Barragens. Mesmo estando fora desta área, o município de Cachoeira do Sul foi incluído no programa e os Operadores da Defesa Civil de Cachoeira do Sul passarão por treinamentos para utilização do sistema que informará as condições de trabalho da Barragem, pluviometria e sistemas de alerta.

A remoção preventiva que vem sendo desenvolvida pela Defesa Civil de Cachoeira do Sul ocorre com as informações emitidas pela DFSA. O Município está distante 145 Km da Barragem de Dona Francisca e a água vertida no empreendimento leva 60 horas para atingir o Município. Diante destas informações, a Defesa Civil monitora o nível junto a Ponte do Fandango, levando em conta a elevação de velocidade/hora para definir pela remoção ou não das famílias ribeirinhas.

Informação para prevenção

O acesso e qualidade destas informações contribuem significativamente em primeiro lugar para salvaguardar a vida da população afetada mas também reduz prejuízos econômicos públicos e privados, além de contribuir na segurança e agilidade das equipes de resposta que trabalham em cenários secos e durante o dia realizando as remoções preventivas.

A população também poderá se cadastrar e ter acesso às informações e receber os alertas. Isto será muito importante pois além da população ribeirinha, auxiliará produtores rurais que plantam ou têm criação nas margens do Rio Jacuí que poderão acompanhar os volumes de inundações definindo pela retirada antecipada de gado e equipamentos.

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil realizará após o seu treinamento uma ação de cadastramento do aplicativo junto a população ribeirinha para otimizar a comunicação entre empreendedores, órgãos de segurança e população. “É muito importante esta atitude da DFSA em manter Cachoeira do Sul em seus planos de segurança e treinamento o que demonstra um compromisso com a segurança e a comunidade, assim como a Defesa Civil Estadual, através do Cel Jacob Pinton, que trabalhou muito nesta aproximação dentre a DFSA e o município de Cachoeira do Sul”, destacou o coordenador da Defesa Civil, Edson da Neves Júnior.


Imagens: Divulgação.

Comments


bottom of page