top of page
  • Lenon Quoos

Barzinhos da Praia Nova começam a ser demolidos

Nesta segunda-feira, 24 de julho, os barzinhos do balneário Praia Nova começaram a ser demolidos. O primeiro prazo para que os proprietários dos barzinhos da Praia Nova desocupassem os seus estabelecimentos e realizasse a limpeza encerrou no dia 31 de março. Desde então, a Prefeitura Municipal foi destruindo todas as construções de alvenaria gradativamente. Primeiro foram os banheiros, na sequência foram outras instalações, e nessa semana, finalmente os barzinhos.

A ordem foi emitida no mês de dezembro de 2022, após os proprietários receberem uma notificação da Prefeitura Municipal, através de um documento embasado em uma legislação ambiental que não permite estruturas permanentes em área de preservação, como é o caso do balneário Praia Nova.


ENTENDA

Cachoeira do Sul recebeu a orientação do Ministério Público para a necessidade de se obedecer a legislação ambiental vigente em relação à Praia Nova. Caso não fosse cumprida, o MP poderia ingressar com uma ação civil pública contra o Município por desrespeitar a legislação.


Com isso, o poder público providenciou um licenciamento ambiental com o intuito de permitir que a Praia Nova continue funcionando como balneário. No entanto, os bares não poderiam continuar sendo estruturas permanentes, pois vai contra a lei. A alternativa encontrada é a utilização de trailers ou food trucks.


E OS OUTROS BALNEÁRIOS?

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente esclarece que o São Lourenço não é considerado balneário, e sim área rural. Já o Irapuá e o Capão Grande são considerados balneários com residências, em que são proibidas a construção de novas moradias e que devem permanecer existindo apenas as já existentes. O que é permitido é apenas a manutenção das mesmas.

Imagem: Reprodução.

Bình luận


bottom of page