top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Comunidades e vereadores pedem retorno de enfermeira à unidade do bairro Quinta


A comunidade do bairro Quinta da Boa Vista, zona norte de Cachoeira do Sul, está se mobilizando para que a enfermeira Itiane Ottes permaneça na Estratégia de Saúde da Família (ESF 9) do bairro. Atuando na unidade desde a sua inauguração em 2 de setembro de 2022, Itiane é muito querida pelas pessoas que frenquentam o local e que não se conformam com o seu remanejo para atuar na Secretaria Municipal da Saúde, para onde foi destinada.


A paciente Luíza Strassburger chegou a criar uma petição online para demonstrar o descontentamento da comunidade do bairro Quinta da Boa Vista e Funcap pelo remanejo da Enfermeira. "Solicitamos que o Sr. Secretário Paulo Gonçalves seja solidário ao pedido da comunidade que a enfermeira Itiane permaneça em atendimento aos nossos bairros", destaca.

No mesmo abaixo-assinado a comunidade aproveita para reivindicar um auxiliar administrativo, afim que os Agentes Comunitários de Saúde possam exercer as funções para qual foram contratados na comunidade como visitas domiciliares, não realizadas há anos. "São raros os profissionais que trabalham POR AMOR e COM AMOR e eu tenho a sorte de ter a Itiane por perto! A Ity é a pessoa que me faz acreditar que eu sempre posso, posso ser uma mãe melhor, posso preparar uma receita melhor, posso ser quem quiser e fazer o que quiser. A Ity é a tia amada que o Marthin procura a cada vez que entra nas portas do posto. Uma mulher fantástica, do sorriso contagiante que coleciona pacientes encantados por ela. É a enfermeira, a colega, a “tia” e a amiga que sorri a cada abraço que recebe. A Ity é a pessoa que mais preza e defende o SUS que eu conheço. É apaixonada pelo que faz e faz com dedicação e perfeição", ressaltou Luíza em uma publicação nas redes sociais.


Na sessão ordinária da Câmara de Vereadores desta segunda-feira, 20 de novembro, o vereador Luís Paixão (PP) falou sobre o caso, dando a entender que pode se tratar de uma perseguição política ao servidor público. Segundo o argumento da Secretaria Municipal da Saúde, a causa teriam sido denúncias. O profissional Tiago Godoi também foi remanejado do ESF Promorar para o CAPS. "Gestor nenhum tem que tirar o servidor do seu local de trabalho. Dois profissionais ímpares, Itiane e Tiago. Estou insatisfeito, pois o lado pessoal não importa. Eles devem ser respeitado pelas pessoas e pelo concurso que fizeram", destacou Paixão.


Itiane diz que fez parte da inauguração da unidade de saúde. "Inaugurei e junto a associação coloquei ar condicionado nas salas. Abri sala de vacina, trouxe outras profissionais, equipamos a sala e essa semana conseguimos ar condicionado com apoio da Associação. "O argumento que mederam foi referente a denúncias no Whats que não me mostraram. Quando fui convidada a ser enfermeira e logo coordenadora desta Unidade, sempre procurei realizar meu trabalho com excelência. Infelizmente tem coisas que não dependem de mim, como a solicitação de um administrativo para que os agentes de saúde pudessem, conforme a cobrança continua da comunidade, exercer seus trabalhos. Se causei descontentamento, foi por cobrar que os processos funcionassem e os mesmos exercessem a função para as quais foram contratados. Hoje tenho o apoio da comunidade pois quem vem a Unidade de Saúde sabe quais são meus princípios, sempre procurando resolutividade e acolhimento com todos. Já fiz mais de 40 pré-natais e tenho o carinho de todas as mães", destacou Itiane.


PETIÇÃO ONLINE

Imagens: Divulgação.

Comentarios


bottom of page