top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Impressionante nuvem branca causa espanto na fronteira do Uruguai e do Brasil


Moradores do departamento uruguaio de Cerro Largo, perto da fronteira com o Brasil, se viram espantados com uma formação de nebulosidade rente à superfície que se registrou na manhã desta quarta-feira com a chegada de uma frente fria à região. As imagens gravadas em uma estrada do departamento mais pareciam um “tsunami de nuvens” avançando no horizonte.


O dia na região ainda começou sem chuva enquanto em outras áreas do Uruguai já chovia por efeito da frente fria em deslocamento pelo território uruguaio. A aproximação do sistema frontal foi o que induziu a instabilidade com chuva e temporais no Rio Grande do Sul. A formação de nuvens foi filmada na Ruta 26, que liga departamentos como Tacuarembó e Paysandú a Melo, em Cerro Largo.


O vídeo da espetacular formação de nuvens, que viralizou no Uruguai, foi compartilhado pela jornalista Silvia Techera. Pouco depois da gravação, o tempo se instabilizou na região com registro de chuva e que foi forte em pontos de Cerro Largo à medida que a frente fria se deslocava do Uruguai para o Rio Grande do Sul na primeira metade do dia de hoje.


A estrutura da nebulosidade impressionante era típica de uma nuvem prateleira (shelf cloud) com múltiplos dendritos na parte inferior, característicos de nuvens escudos em que há condensação. Este tipo de formação se observa mais em temporais de verão na Serra Gaúcha. As nuvens prateleiras se originam a partir de movimentos na atmosfera em que uma camada de ar mais quente se eleva acima de uma camada de ar mais frio.


No processo, o ar aquecido se condensa rapidamente, gerando o aspecto característico da nuvem. Já as nuvens escudo se dão com uma corrente ascendente mais quente (em regra mais úmida) de uma tempestade que se condensa à medida que o ar quente e úmido satura durante a subida.

Imagem: Met Sul.


Comments


bottom of page